Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Depois de Onyx, cinco deputados entram na fila para confessar caixa dois

Ministro de Jair Bolsonaro admitiu ter recebido dinheiro por fora da J&F nas campanhas de 2012 e 2014

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 14 ago 2020, 09h56 - Publicado em 14 ago 2020, 08h08

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, fechou recentemente um acordo com a PGR para encerrar a investigação sobre caixa dois nas campanhas eleitorais dele em 2012 e em 2014.

Primeiro beneficiário do chamado “acordo de não-persecução penal”, previsto na Lei Anticrime, que entrou em vigor em 23 de janeiro, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, fez escola.

ASSINE VEJA

A encruzilhada econômica de Bolsonaro Na edição da semana: os riscos da estratégia de gastar muito para impulsionar a economia. E mais: pesquisa exclusiva revela que o brasileiro é, sim, racista ()
Clique e Assine

Pelo menos cinco deputados buscam na PGR a mesma aberturada dada ao ministro de Jair Bolsonaro para perdoar seus pecados.

Continua após a publicidade

Graças ao acordo, Onyx admitiu ter bancado suas campanhas em 2012 e 2014 com dinheiro da J&F não declarado à Justiça Eleitoral. O ministro de Bolsonaro acertou o pagamento de 189.000 reais em compensação.

Os parlamentares que já bateram na porta da PGR para pleitear o acordo buscam as mesmas regras usadas para Onyx para acertarem suas pendências. As discussões estão em andamento.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.