Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Defensores públicos apontam riscos em projeto sobre ensino domiciliar

Texto-base da proposta de "homeschooling", apoiada por bolsonaristas, foi aprovado nesta quarta-feira pela Câmara dos Deputados

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 19 Maio 2022, 17h27 - Publicado em 19 Maio 2022, 16h30

Acostumados a lidar com casos de abuso infantil, defensores públicos do país estão preocupados com a lei aprovada nesta quarta-feira pela Câmara dos Deputados que autoriza a prática do ensino domiciliar no país.

A legislação é um projeto que tem o apoio do presidente Jair Bolsonaro, de sua base e de segmentos da igreja evangélica. Segundo o Conselho Nacional das Defensoras e Defensores Públicos Gerais, estar longe da escola representa riscos sobretudo para as crianças mais pobres.

“A escola é um espaço protetivo, que agrega políticas públicas de saúde, segurança alimentar, educação e de defesa dos demais direitos das crianças e dos adolescentes”, diz a entidade. “Estar fora da escola é um marcador de risco: maiores são as chances de ser vítima de violência letal ou da apreensão pela prática de ato infracional”.

A Defensoria Pública do Rio lembra dos dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2021 que mostraram que mais da metade dos casos de abuso contra crianças (67%) aconteceram dentro da casa da vítima e foram cometidos por pessoas da família.

“No Brasil, temos crianças fora da escola, crianças fora de creche, escolas sem acesso à Internet, subfinanciamento do Programa Nacional de Alimentação Escolar, mas o governo federal coloca como prioridade debater um tema que pode colocar crianças e adolescentes em risco”, critica o coordenador de infância e juventude da Defensoria Pública do Rio, Rodrigo Azambuja.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)