Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Crivella defende cargo para o filho: ‘mestrado em Oxford’

Prefeito divulgou nota na noite desta quinta (9)

Por Ernesto Neves Atualizado em 9 fev 2017, 19h59 - Publicado em 9 fev 2017, 19h40

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, defendeu a nomeação do próprio filho para o cargo de secretário da Casa Civil do município. Marcelo Hodge Crivella teve a indicação barrada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello nesta quinta (9).

“Eu dei o melhor que tinha para a Prefeitura. Confio na Justiça”, afirma o prefeito. “O secretário da Casa Civil, Marcelo Hodge, tem formação superior, mestrado em Oxford e está apto para exercer a função”, disse.

Marco Aurélio atendeu ao pedido do advogado Victor Travancas. O gesto do prefeito é um claro exemplo de nepotismo, que contraria a súmula vinculante n. 13 diante da nova discussão que se abriu no Supremo Tribunal Federal sobre o assunto, e ainda autonomamente constituindo-se em afronta aos Princípios Republicano, da Moralidade Pública e da Impessoalidade”, diz Travancas no documento. 

Publicidade