Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Catadores de lixo cobram dos governantes a retomada das atividades

Além do prejuízo financeiro às famílias, a paralisação compromete a coleta seletiva de recicláveis.

Por Manoel Schlindwein Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 22 jun 2020, 15h19 - Publicado em 22 jun 2020, 14h32

Milhares de catadores e catadoras de todo o Brasil estão parados há cerca de 90 dias. O motivo é a pandemia que tem afetado diretamente a coleta seletiva de recicláveis e o sustento de suas famílias.

Roberto Laureano, presidente da Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (Ancat), cobra dos governantes o reconhecimento da essencialidade da atividade pelas questões sanitárias. “É contraditório considerar a coleta convencional como serviço essencial, enquanto a seletiva fica de fora”, argumenta.

Recentemente, frentes parlamentares do Congresso e mais 35 entidades de diversos setores se manifestaram pela preservação das condições de trabalho desses profissionais.

“Nossa atividade parada não só é prejudicada pelo impacto financeiro das famílias, mas também pelo retrocesso ambiental do país com acúmulo nos lixões. Esse importante serviço prestado pelos catadores precisa ser reconhecido e remunerado” enfatiza.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.