Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Cármen Lúcia abre investigação contra Ricardo Salles

Inquérito vai apurar a suposta atuação de Salles em favor de madeireiros e contra a PF na maior apreensão de madeira do Brasil

Por Robson Bonin Atualizado em 2 jun 2021, 19h30 - Publicado em 2 jun 2021, 19h24

A ministra Cármen Lúcia autorizou nesta quarta a abertura de inquérito para investigar o chefe do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

A ministra considerou os elementos apontados pela PGR para liberar o procedimento que agora irá apurar a suposta atuação de Salles para atrapalhar a apuração da maior apreensão de madeira do Brasil, denunciada pelo delegado da Polícia Federal Alexandre Saraiva, que era superintendente no Amazonas.

“Defiro o pedido da Procuradoria-Geral da República e determino a instauração de inquérito em desfavor do Ministro do Meio Ambiente Ricardo de Aquino Sales pelos fatos descritos no pleito do Ministério Público, com o objetivo de apurar prática dos crimes tipificados no art. 321 do Código Penal (advocacia administrativa), no art. 69 da Lei 9.605/1998 (obstar ou dificultar a fiscalização ambiental) e no art. 2º, § 1º, da Lei 12.850/2013 (impedir ou embaraçar a investigação de infração penal que envolva organização criminosa)”, diz a ministra.

A partir de agora, os investigadores vão cumprir diligências no caso que incluem o depoimento do ministro do Meio Ambiente, a oitiva de proprietários rurais, dos agentes de fiscalização do Ibama e da Polícia Federal que atuaram na Operação Handroanthus.

A PGR receberá ainda cópia digitalizada da integralidade dos procedimentos de fiscalização e investigação relativos aos ilícitos ambientais que integram o caso.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)