Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bolsonaro é contra carnaval, mas libera dinheiro a escolas de samba

Extrato de Convênio publicado na semana passada prevê a liberação de 100.000 reais para entidade de Alagoas

Por Robson Bonin Atualizado em 6 jan 2022, 17h43 - Publicado em 10 jan 2022, 09h30

Na contramão da evolução do número de infectados com Covid-19, que só cresce no país, e também na contramão dos estados, que estão decidindo cancelar o carnaval, o Ministério do Turismo, por intermédio da Secretaria Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura, ainda libera dinheiro para escolas de samba no interior.

Extrato de Convênio publicado na semana passada prevê a liberação de 100.000 reais para a Fundação Municipal de Ação Cultural realizar diversas apresentações das mais tradicionais manifestações da cultura de Maceió, em Alagoas, em bairros mais populosos da capital, com apresentações de trios pés de serra, folguedos populares, quadrilhas, coco de roda, bumba meu boi e “escolas de samba”.

A liberação de verbas para carnavais no interior vem sendo feita pelo governo Bolsonaro desde o início da pandemia.

Publicidade