Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Assembleia do Tocantins abre processo de impeachment contra Mauro Carlesse

O governador foi afastado do cargo por seis meses, por decisão do STJ, em outubro

Por Gustavo Maia 7 dez 2021, 15h24

O presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins, Antônio Andrade (PSL), aceitou nesta terça-feira um pedido de impeachment contra o governador o governador afastado Mauro Carlesse (PSL), suspeito de envolvimento em uma fraude nos recursos do Plano de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado.

Carlesse foi afastado do cargo no dia 20 de outubro, pelo período de seis meses, por decisão do STJ.

Na semana passada, o Radar mostrou que o Ministério Público do Tocantins abriu um inquérito civil público para apurar os atos de improbidade administrativa na gestão do governador, o que pressionou Andrade — aliado do governador afastado — a analisar os pedidos de impeachment.

Segundo os investigadores, cerca de 44,8 milhões de reais teriam sido pagos a título de vantagens indevidas. A PF fez buscas na casa de Carlesse e na sede do governo do Estado.

Continua após a publicidade

Publicidade