Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Agora preso, deputado que ofendeu STF diz ‘respeitar a magistratura’

Daniel Silveira, que iria colocar ministros 'no lugar deles', agora fala 'com todo o respeito à magistratura' na audiência de custódia

Por Mariana Muniz Atualizado em 18 fev 2021, 17h31 - Publicado em 18 fev 2021, 17h23

Nada como uma boa noite de cana, o risco de pegar outras mais e ainda ficar sem mandato. Na audiência de custódia desta quinta-feira, um mudado deputado Daniel Silveira surgiu diante do juiz — quase um democrata.

Antes, Daniel dizia que iria enquadrar os ministros do STF, ameaçava com AI-5 e falava em surra de magistrados. Agora em cana, o parlamentar baixou o tom. Ao menos é o que consta na transcrição da reunião que terminou com a manutenção de sua prisão em flagrante.

“Meu entendimento, com todo o respeito à magistratura e à decisão do senhor Ministro, tenho para mim que a situação reputada como flagrante, assim não poderia tê-lo sido, entendo, com todo respeito reiterado que não estávamos diante de uma situação de flagrante, cuja lavratura fora, então, irregular”, afirmou o deputado quando teve a palavra.

 

Continua após a publicidade

Publicidade