Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

A denúncia de Alberto Youssef contra Sergio Moro no STF

Principal delator da operação, o ex-doleiro acusa o ex-juiz de ter atuado para acobertar atos ilegais da Polícia Federal de Curitiba

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 15 set 2023, 12h33 - Publicado em 15 set 2023, 06h02

Depois de anular a leniência da Odebrecht, o ministro Dias Toffoli terá agora a oportunidade de selar o destino de outro acordo vital para a Lava-Jato. O ex-doleiro Alberto Youssef reuniu provas contra Sergio Moro e acredita que elas podem anular sua delação, a mais importante da operação, que arrastou políticos e empreiteiros para a prisão por corrupção nas gestões do PT.

O ex-operador de propinas na diretoria de Abastecimento da Petrobras elaborou um inventário de atos de Moro que teriam contribuído para acobertar o escândalo do grampo clandestino encontrado na carceragem da Polícia Federal de Curitiba logo no início da Lava-Jato, como VEJA revelou em 2014.

Para Youssef, foi a suposta “ingerência” de Moro na investigação sobre o grampo que conseguiu abafar o caso e evitar que a Lava-Jato ruísse na primeira fase da operação, por seus métodos ilegais, antes mesmo de chegar aos figurões da corrupção na estatal.

Youssef pede – a representação será protocolada nesta sexta – a Toffoli que o STF assuma a investigação contra Moro no caso do grampo da PF e, atestando a ilegalidade, abra caminho para lançar a delação mais importante da Lava-Jato na mesma lixeira em que está o acordo da Odebrecht.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.