Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

8/10/2007 – 11/10/2007

  Quinta-feira, 11 de Outubro de 2007 Receba as notas por SMS e RSS   TELEVISÃOAlívio na Globo | 15:34 O capítulo de ontem de Duas Caras bateu 41 pontos no Ibope e 61% de share (ou seja, a participação em relação aos aparelhos ligados). Foi o melhor resultado da recém-estreada novela das oito. Não é nenhuma […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 20h17 - Publicado em 19 out 2007, 15h40


  Quinta-feira, 11 de Outubro de 2007

Receba as notas por SMS e RSS  
TELEVISÃO
Alívio na Globo
| 15:34

O capítulo de ontem de Duas Caras bateu 41 pontos no Ibope e 61% de share (ou seja, a participação em relação aos aparelhos ligados). Foi o melhor resultado da recém-estreada novela das oito. Não é nenhuma maravilha para os padrões da Globo, mas retira a novela da linha do sufoco. Duas Caras estreou com 40 pontos (o pior resultado da Globo, desde que a emissora virou hegemônica) e nos capítulos seguintes patinou na faixa dos 35 pontos.
SUSTENTABILIDADE
Muito antes de Al Gore
| 12:50

Quem chega ao Brasil no dia 22 é Gro Harlem Brundtland, diretora-geral da Organização Mundial de Saúde. Gro é dona de um currículo e tanto. É também uma espécie de Al Gore, mas tendo começado a preocupar-se com o planeta duas décadas antes. Ela foi primeira-ministra da Noruega por três vezes e presidiu a Comissão Mundial de Desenvolvimento e Meio Ambiente (ligada à ONU). Em 1987, comandou a publicação do relatório Nosso Futuro Comum, que influenciou a realização da Rio-92 e a criação do Protocolo de Kyoto. No Brasil, Gro fará uma palestra fechada promovida pelo recém-vendido Banco ABN Real.

AVIAÇÃO
A volta do caos? 1
| 10:10

Por mais de uma hora na noite de terça-feira, todos os aviões que estavam prontos para decolar para São Paulo no aeroporto Santos Dumont tiveram que mofar na pista. Vários deles com os passageiros já embarcados e as portas fechadas. A informação dada pelos pilotos aos passageiros era de que o tráfego aéreo em Congonhas estava congestionado. Um desses vôos, que deveria sair às 20h do Santos Dumont e decolou cerca de uma hora mais tarde, ainda ficou 20 minutos sobrevoando Congonhas até ser autorizado a pousar.
A volta do caos? 2 | 10:08

Como assim? Semanas atrás, o próprio ministro da Defesa, Nelson Jobim, anunciou que o número de pousos e decolagens em Congonhas estava controlado. Alguma coisa desandou.
CASO RENAN
Contagem regressiva
| 09:59

Faltam 22 dias para que as votações no Senado sejam totalmente obstruídas, conforme decisão de senadores de seis partidos. Isso acontecerá se até o dia 2 de novembro o Conselho de Ética não votar as quatro representações contra Renan Calheiros. Os processos, como se sabe, estão adormecidos nas gavetas por obra da turma de Renan. Enquanto isso, o governo tem a votação da CPMF pela frente…
TELEVISÃO
Políticos no Projac
| 06:47

Marluce Dias da Silva, ex-comandante da Rede Globo e atualmente assessorando diretamente a família Marinho, tem, entre outras funções, se ocupado de convidar deputados e senadores para um tour pelo Projac – o portentoso conjunto de estúdios da emissora no Rio de Janeiro. A turma convidada é eclética. Vai do folclórico senador renanzista Wellington Salgado ao pedetista Cristovam Buarque. E por que os convites? Oficialmente, para falar de convergência das mídias, hoje a preocupação número 1 das empresas de comunicação.

LIVROS
Os Beatles vem aí
| 06:14

Será lançada no mês que vem pela editora Larousse, a mais completa biografia dos Beatles já escrita. Lançada há dois anos nos EUA e na Europa, The Beatles: a Biografia é o resultado de oito anos de pesquisas e de 650 entrevistas. Foi escrita por Bob Spitz, que já biografou Bob Dylan e Bob Marley. É literalmente um livraço: 850 páginas. Muito? Saiba que o original de Spitz tinha 2 792 páginas. Seus editores, entretanto, fizeram o favor de facilitar a vida do leitor.
Fórum
Dê sua opinião sobre as notas do dia 11 de outubro de 2007

  Quarta-feira, 10 de Outubro de 2007

Receba as notas por SMS e RSS  
PRIVATIZAÇÃO
O TCU vai investigar concessões de rodovias 1
| 19:10

O deságio de até 65% registrado no leilão de ontem de sete trechos de rodovias federais causou estranheza ao Tribunal de Contas da União. Na sessão que terminou agora há pouco, o procurador-geral do Ministério Público no TCU, Lucas Furtado, foi o primeiro a levantar dúvidas.

O TCU vai investigar concessões de rodovias 2 | 19:08

Segundo Furtado disse no plenário, “essa licitação de ontem ou não será executada ou os atuais contratos, que prevêem pedágios muito mais elevados, estão fora da realidade – ou seja, estão superfaturados”. Em todos os sete trechos leiloados houve deságios entre 27% e 65%.

O TCU vai investigar concessões de rodovias 3 | 19:07

As dúvidas de Furtado foram acolhidas pelos ministros do TCU. Eles decidiram examinar os contratos em vigor e os que serão assinados. O objetivo é saber se os atuais contratos de concessão estão assentados em bases realistas. Ou se as margens de rentabilidade são exageradamente altas. Os ministros vão apurar também se com o deságio do leilão de ontem é factível a execução dos contratos que serão assinados.

BRASIL
Pegou Serra de surpresa
| 12:51

Até sair o resultado do leilão de ontem das rodovias federais ninguém tinha muita noção do tamanho e do apetite dos espanhóis da OHL, a grande vencedora do dia. Entre eles, José Serra. O governador de São Paulo foi pego de surpresa com o grupo que arrematou cinco dos sete trechos leiloados (sendo três deles em São Paulo). Ao comentar ontem à noite o resultado do leilão com um interlocutor, Serra chegou a trocar as bolas, ou melhor consoantes e vogal, ao mencionar a OHL.
ECONOMIA
Fundos em busca de comida 1
| 12:43

A fome dos private equities é por restaurantes. Primeiro foi o Gávea, comprando o McDonald’s na América Latina. Depois, no mês passado, o Advent ficou com a rede Viena. Agora, as redes de restaurantes paulistanas Galeto’s e Almanara estão prestes a mudar de mãos. Alguns fundos de private equity fizeram ofertas que estão sendo estudadas pelos controladores, com o assessoramento do Credit Suisse. O Advent é o favorito para levar os dois.

Fundos em busca de comida 2 | 12:42

O Galeto’s é especializado obviamente em galetos e em grelhados em geral. Foi fundado em 1971 e possui onze lojas. Deve ser vendido por 90 milhões de reais. E o Almanara é especializado em comida árabe. Foi fundado há 57 anos e hoje se espalha por onze pontos de São Paulo. Está sendo negociado por 85 milhões de reais. O Gávea, de Arminio Fraga, e o GG, de Antonio Kandir, correm por fora na negociação.
PT
As últimas do Dirceu
| 07:01

Os mais próximos são unânimes: José Dirceu está de crista baixa desde o julgamento do caso do mensalão pelo STF. Ainda assim, não será por falta de dinheiro que ele ficará deprimido. Dirceu conseguiu dois novos clientes depois da decisão do Supremo. Os dois internacionais.

GOVERNO
Mangabeira para quê?
| 06:21

Lula viaja no domingo para um périplo de cinco dias por alguns países africanos. Beleza. Na assessoria de Lula, entretanto, ninguém entendeu a inclusão de Mangabeira Unger entre os ministros que integrarão a comitiva, ao lado de Matilde Ribeiro (Integração Racial), Miguel Jorge (Desenvolvimento) e Franklin Martins (Comunicação). “O que o Ministro do Futuro fará lá?”, é a pergunta que se ouve em todos os cantos do palácio do Planalto.

De volta ao continente africano | 06:20

Também na comitiva e também no Aerolula, viaja o senador fluminense Marcelo Crivella, do PRB e da Igreja Universal. Crivella morou por muitos anos na África, implantando templos da igreja fundada por seu tio, Edir Macedo.

Fórum
Dê sua opinião sobre as notas do dia 10 de outubro de 2007

  Terça-feira, 09 de Outubro de 2007

Receba as notas por SMS e RSS  
CPMF
É hoje!
| 17:16

A base governista conseguiu aparar as arestas: a votação do segundo turno da prorrogação da CPMF na Câmara começará por volta das sete da noite. A Votação entrará madrugada adentro. Nem a oposição considera a possibilidade de o governo perder essa. Já no Senado, a história é outra.

TELEVISÃO
Ainda não engrenou
| 16:05

Duas Caras ainda patina no Ibope. A novela das oito iniciou sua segunda semana cravando ontem 37 pontos de audiência e 56% de share (ou seja, de cada cem aparelhos de tevê, 56 estavam sintonizados na novela).
ECONOMIA
“Quase Bradesco” 1
| 11:58

Nelson Bastos já assumiu a cadeira de presidente da Gradiente, numa tentativa de reerguer a empresa que vive uma conhecida crise. Uma das primeiras providências de Bastos foi botar toda a diretoria junta num mesmo salão. “Está um padrão quase Bradesco”, diz um executivo da Gradiente, numa comparação com o estilo adotado há décadas pelo maior banco brasileiro, em que nenhum diretor tem sala própria.

“Quase Bradesco” 2 | 11:57

Mas porque o “quase Bradesco”? No modelo adotado pela Gradiente, ficam todos no mesmo salão, mas existem salas totalmente envidraçadas separando uns aos outros.

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

BRASIL
O “jeitinho” do Gilmar
| 11:00

Não houve quem não se lembrasse do áspero diálogo ocorrido entre Gilmar Mendes e o colega Joaquim Barbosa, há duas semanas, ao ler a informação da Folha de S. Paulo de hoje, dando conta que Mendes extrapolou de suas funções e deu uma forcinha à indicação do conterrâneo Luiz Pagot para dirigir o Dnit. Segundo reportagem de Eliane Cantanhêde, Mendes aproveitou a visita de dois senadores ao seu gabinete para dar “referências positivas” de Pagot, que estava com dificuldades para ver o seu nome aprovado pelo Senado. É um bom momento, portanto, para relembrar os melhores momentos do bate-boca entre Barbosa e Mendes.

Barbosa: Ministro Gilmar, me perdoe a palavra, mas isso é “jeitinho”. Nós temos que acabar com isso.

Mendes: Eu não vou responder a vossa excelência. Vossa excelência não pode pensar que pode dar lição de moral aqui.

Barbosa: Eu não quero dar lição de moral.

Mendes: Vossa excelência não tem condições.

Barbosa: E vossa excelência tem?

PETROBRAS
A disputa por diretorias
| 06:42

Até onde a vista alcança, Lula decidiu não trocar de lugar Paulo Roberto Costa, hoje diretor de Abastecimento da Petrobras. Havia um grande lobby (Na verdade, ainda há. Essas pressões nunca cessam…) para que Costa fosse deslocado para a diretoria de Exploração e Produção. Isso abriria espaço para que Walfrido dos Mares Guia e Dilma Rousseff emplacassem Allan Kardec, funcionário de carreira da estatal e desafeto de Costa, na diretoria de Abastecimento.

Costas quentes | 06:41

Nos últimos dias, porém, Paulo Roberto Costa, que é sustentado pelo PP desde sempre, ganhou o apoio de mais gente grande – entre eles, o governador Sérgio Cabral e o senador Delcidio Amaral. E, se não houver nova reviravolta, ele fica onde está.

Fura-poço versus refinaria | 06:40

Muita gente se pergunta o porquê da recusa. Afinal, estavam lhe oferecendo uma diretoria mais poderosa, com um orçamento muito maior – a consagrada “diretoria fura-poço”, na inesquecível definição de Severino Cavalcanti. Eis a explicação: os investimentos na diretoria de Abastecimento são mais capilarizados, contemplam mais estados. É um gasoduto aqui, uma refinaria ali…A outra fura muito poço, mas tudo em alto-mar.

INTERNACIONAL
Niemeyer no Cazaquistão 1
| 06:03

O presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbayev, que esteve no Brasil duas semanas atrás disse a mais de um interlocutor que quer ver alguma obra de Oscar Niemeyer em Astana, a capital do país. Astana é capital há apenas dez anos. Sua parte administrativa é toda recém-construída. Mas as semelhanças com com a quarentona Brasília páram aí: arquitetonicamente lembra mais Las Vegas.
Niemeyer no Cazaquistão 2 | 06:02

Não está descartada a possibilidade de se convidar Niemeyer para projetar a recém-instalada embaixada brasileira em Astana. Dentro de dois meses, Niemeyer completa 100 anos.
Fórum
Dê sua opinião sobre as notas do dia 9 de outubro de 2007

  Segunda-feira, 08 de Outubro de 2007

Receba as notas por SMS e RSS  
CRIMINALIDADE
Apologia ao crime
| 15:00

Luciano Huck considerou o texto do rapper Ferréz, publicado nesta segunda-feira na Folha de S.Paulo, “quase uma apologia ao crime”. Mas ninguém espere dele uma reposta às besteiras que disse o tal Ferréz. Apesar da polêmica continuar acesa, o apresentador disse a um interlocutor próximo que não fala mais sobre o assunto.
AUTOMÓVEIS
Surfando no crescimento do mercado
| 12:42

A Nissan lança daqui a 30 dias a nova versão da picape Frontier. Inicialmente, os carros serão importados. Mas a coisa muda de figura em 2008: a Frontier deverá ser produzida na fábrica da Nissan no Paraná. O plano de investimentos da montadora entre 2006 e 2009 é de 150 milhões de dólares.

FUTEBOL
Sai a Copa feminina
| 10:12

A CBF anuncia logo mais a criação da Copa do Brasil feminina de futebol. O campeonato começa no dia 25 e terá entre 16 e 20 clubes. A fase inicial será disputada nas cinco regiões do Brasil. E uma fase final terá Brasília como sede. O governo do Distrito Federal bancará essa etapa, que contará com oito equipes. A final será jogada no dia 9 de dezembro.

Sem TV | 10:12

Até agora, nenhuma rede de televisão fechou com a CBF um contrato pelos direitos de transmissão dos jogos.

SEGUROS
Um crescimento para lá de modesto
| 09:15

Um levantamento inédito feito pelo Sindicato dos Corretores de Seguros de São Paulo revela que o seguro para automóveis cresceu no Brasil 5% entre janeiro e agosto, em comparação com o mesmo período de 2006. Um faturamento de 11 bilhões de reais nestes oito meses. É muito dinheiro. Mas pode ser considerado um percentual modesto. Esses 5% acompanharam o crescimento da economia no período, é verdade. Mas é um crescimento muito inferior ao da indústria automobilística nestes oito meses.
PROPAGANDA
Sangalo, Philips e “Cansei”
| 09:11

Uma megacampanha publicitária que estréia hoje em todas as mídias junta novamente dois personagens que estavam lado a lado no falecido movimento político “Cansei” – do qual, aliás, ninguém nunca mais falou. Ivete Sangalo e Paulo Zottolo, presidente da Philips. Ivete é a garota-propaganda da empresa na milionária investida publicitária.
BEBIDAS
O medo da indústria 1
| 07:00

A indústria de bebidas alcoólicas – capitaneadas pelas cervejarias – tem se insurgido contra o objetivo do ministro José Gomes Temporão de restringir a publicidade de bebidas nos meios de comunicação. O setor, como era de se esperar, é contra a medida. E lutará com todas as suas forças para que Temporão não bote água em seus respectivos chopes. Mas só há um tema que faça a indústria de bebidas ficar mais apreensiva do que com as investidas de Temporão: a tentativa de se proibir a venda de bebidas nas madrugadas.

O medo da indústria 2 | 06:59

Pois bem, em O Globo de sábado há informações de que três estados pensam em implantar a Lei Seca – Rio Grande do Sul, Goiás e Brasília. Todos com o mesmo objetivo: diminuir o número de homicídios.

O medo da indústria 3 | 06:58

A tese é polêmica. E a sua implantação mais ainda – embora Diadema, na Grande São Paulo, já tenha testado a idéia. Cada vez que o assunto volta ao noticiário e à boca dos políticos, a indústria de bebidas treme nas bases. Fará tudo para que esse debate não prospere.

Fórum
Dê sua opinião sobre as notas do dia 8 de outubro de 2007
Continua após a publicidade

Publicidade