Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

O Som e a Fúria Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Felipe Branco Cruz
Pop, rock, jazz, black music ou MPB: tudo o que for notícia no mundo da música está na mira deste blog, para o bem ou para o mal
Continua após publicidade

‘Now and Then’, a última música dos Beatles, é lançada; ouça

Canção foi restaurada com a ajuda da tecnologia e da inteligência artificial; entenda como ela foi feita

Por Felipe Branco Cruz Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 2 nov 2023, 15h47 - Publicado em 2 nov 2023, 11h49

A última música dos Beatles, a canção Now and Then, foi divulgada nesta quinta-feira, 2. A música foi feita a partir de uma fita demo gravada por John Lennon em seu apartamento em Nova York, nos anos 1970. John gravou a canção ao piano e a fita cassete foi entregue a Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr em 1994. Na época, no entanto, a qualidade do som era muito ruim e era impossível separar a voz de John do piano, impossibilitando o uso da música.

A demora de quase trinta anos se deve a diversos fatores, mas especialmente à dificuldade tecnológica de melhorar a gravação deixada por John, equalizando sua voz e a altura do piano. O feito realizado por um programa de inteligência artificial parece simples, mas foi excepcionalmente complexo, como mostra o minidocumentário lançado pelo grupo nesta quarta, 1°, no YouTube. O curta de 12 minutos emociona ao mostrar filmagens inéditas da banda e declarações singelas dos membros remanescentes, além de Sean Lennon, filho de John. 

Com o avanço da tecnologia e o uso da inteligência artificial para separar a voz de Lennon dos ruídos da fita, Paul e Ringo conseguiram uma voz límpida de Lennon. A partir daí, eles recuperaram uma gravação de guitarra que George Harrison fez em 1994 para a música. Paul e Ringo criaram novos arranjos no baixo e na bateria e incluíram na música, compondo o que pode ser considerado uma legítima gravação dos Beatles.

O resultado é emocionante, como pode ser conferido abaixo. Os fãs da banda reconhecerão de imediato os elementos típicos de uma canção dos Beatles, como o uso de instrumentos de cordas, o slide guitar característico de Harrison, o baixo proeminente de Paul e a bateria sincopada e precisa de Ringo.

Continua após a publicidade

Acompanhe notícias e dicas culturais nos blogs a seguir:

Tela Plana para novidades da TV e do streaming
O Som e a Fúria sobre artistas e lançamentos musicais
Em Cartaz traz dicas de filmes no cinema e no streaming
Livros para notícias sobre literatura e mercado editorial

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.