Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

O Som e a Fúria

Por Felipe Branco Cruz Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Pop, rock, jazz, black music ou MPB: tudo o que for notícia no mundo da música está na mira deste blog, para o bem ou para o mal
Continua após publicidade

A polêmica com música de Emicida e suposto plágio de Juliette e Duda Beat

Cantoras lançaram parceria para a Bauducco e movimentaram as redes com comparações com o projeto AmarElo, provocando críticas do irmão e produtor do rapper

Por Amanda Capuano Atualizado em 10 Maio 2024, 08h32 - Publicado em 18 out 2023, 11h36

A canção Magia Amarela, lançada por Juliette e Duda Beat nesta quarta-feira, 18, virou centro de uma discussão sobre plágio nas redes sociais depois que o público comparou a música com o Projeto AmarElo, do rapper Emicida. “Sabe apropriação e tudo aquilo que a gente discursa sobre ética? Então, esse mercado tem bem pouco. Sem criticar as artistas que inclusive admiro. Mas nosso jurídico vai trabalhar!”, escreveu nas redes sociais Evandro Fióti, irmão e produtor de Emicida.

A música de Juliette e Duda Beat faz parte de uma ação publicitária da Bauducco, que produziu a canção como uma forma de divulgação de sua nova identidade visual. Em uma live no Instagram, Fióti revelou que a marca chegou a procurar Emicida para negociar o projeto, mas não houve acordo financeiro ou de agenda para que o rapper participasse da ação publicitária. “A verba que eles tinham não justificava a entrega que tínhamos que fazer”, disse ele sem citar o nome da empresa. 

Entre as similaridades das produções, além do nome e dos trocadilhos entre “amarelo” e “amar elos”, há ainda uma série de semelhanças na identidade visual adotada em ambas as músicas, como a tipografia das palavras. “Precisamos dar o nome que as coisas têm. Estamos assistindo um caso de apropriação. Estamos vendo, mais uma vez, a branquitude se unir, sem ética nenhuma, para se apropriar de criações de pessoas negras”, disparou ele, voltando sua crítica ao mercado publicitário.

Em uma nota oficial divulgada nas redes, a equipe de Juliette confirmou que a música faz parte de uma campanha e que a cantora foi contratada como uma das intérpretes para o trabalho audiovisual. “Estamos em contato com os contratantes responsáveis pela criação e produção da campanha para mais esclarecimentos”, diz o comunicado. Duda Beat seguiu a mesma linha, confirmando a contratação pela Bauducco, mas negando “qualquer participação criativa da artista na concepção da campanha, identidade visual, letra ou produção musical da faixa/jingle publicitário.”

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.