Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Noblat Por Coluna O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O Rio é das milícias que controlam mais áreas do que os traficantes

O território livre da cidade é de menos de 2%

Por Ricardo Noblat Atualizado em 18 nov 2020, 19h48 - Publicado em 19 out 2020, 09h00

Foi pelo ralo a convicção alimentada por estudiosos do assunto de que o tráfico de drogas dominava mais áreas da cidade do Rio do que as milícias. O crime organizado é mais antigo do que as milícias, e essas nasceram com o objetivo inicial de combatê-lo.

De acordo com o “Mapa dos Grupos Armados do Rio de Janeiro”, estudo a ser divulgado hoje, os milicianos controlam 57,5% do território da cidade, pelo menos ¼ dos bairros. Isso significa 686,75 quilômetros quadrados, metade do território total do Estado.

As três facções do tráfico de drogas prevalecem em 185 quilômetros quadrados da cidade do Rio. Pouco mais de 25,2% do território da cidade ainda está em disputa. Por ora, só 1,9% do território está livre de milicianos e traficantes.

Para chegar a esses resultados, os pesquisadores se debruçaram sobre 37.883 relatos de moradores da cidade do Rio recebidos pelo Disque-Denúncia.

Continua após a publicidade

Publicidade