Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Modo Avião

Por Tatiana Cunha
As dicas certeiras de turismo e os lugares incríveis do planeta para você planejar sua próxima viagem
Continua após publicidade

10 resoluções de ano novo para viajantes

Fazer mais viagens, conhecer novos destinos, ter mais paciência no aeroporto, enfrentar menos perrengues... a lista de desejos para 2017 já começa grande

Por Tatiana Cunha Atualizado em 30 jul 2020, 21h04 - Publicado em 30 dez 2016, 11h11

Ano novo

Não tem jeito. Entra ano, sai ano, quando chega esta época a gente começa a fazer uma lista de resoluções para o ano que ainda vai começar. Levar a dieta a sério, ler mais, passar mais tempo com a família e viajar mais estão sempre no top 10 das resoluções de ano novo.

E não há nada de mal nisso, afinal de contas, é época de renovar as esperanças e de acreditar que um novo _e melhor_ ciclo se inicia.

E como poucas coisas são melhores que viajar, resolvi fazer uma lista de resoluções de ano novo para nós, viajantes. Não importa se você viaja uma vez por ano ou uma vez por semana. Se viaja de corpo ou apenas de alma. Se viaja de ônibus ou de executiva. O importante é viajar!

Continua após a publicidade

 

1. Não levar coisas desnecessárias na mala

Essa promessa a gente faz toda vez que volta de uma viagem, né? Vira e mexe levo umas roupas pra viajar comigo e elas nem saem da mala, tadinhas… Confesso que já melhorei muito com o passar dos anos _e das viagens_, mas ainda não sou nota 10 neste quesito. Quem sabe em 2017

2. Acordar para ver o sol nascer pelo menos uma vez

Odeio acordar cedo. Prefiro tomar banho gelado no inverno do que sair da cama cedo (por cedo leia-se antes das 9h30 , hahaha). Mas poucas coisas são tão lindas como ver o nascer do sol, ainda mais naquele lugar especial. Há alguns anos um amigo me disse que fazia isso toda vez que viajava e eu resolvi adotar a prática também. Confesso que pulei muitos dias por preguiça ou cansaço. Mas todas as vezes que me forcei a deixar a cama não me arrependi. Ver o sol nascendo atrás do Shwedagon Pagoda, em Mianmar, por exemplo, foi uma das coisas mais belas que vi.

Continua após a publicidade

Shwedagon Pagoda, em Mianmar

3. Viver mais e postar menos

Quantas vezes a gente não deixa de admirar alguma coisa porque está preocupado demais em tirar fotos, registrar cada ângulo e postar imediatamente nas redes sociais? Sinais da vida moderna… Mas sem radicalismos. Também não é para deixar de registrar os momentos.  O importante é manter o equilíbrio e vivenciar as coisas, os lugares. Deixar de viver através da tela do celular ou da máquina fotográfica e viver através dos seus olhos, ouvidos, nariz…

4. Conhecer um país novo

Poucas coisas são mais legais do que viajar para um país que você nunca esteve antes. Mais legal ainda se você não sabe bem o que esperar e acaba se surpreendendo. Não só com o local, mas com as pessoas, com o clima, com a comida… Adoro! Se a grana está curta, que tal planejar uma viagem para a América do Sul mesmo? Não precisa colocar o Japão como seu primeiro destino. Ou quem sabe até conhecer uma cidade diferente no próprio Brasil? Este ano eu infelizmente não conheci nenhum país novo. Então a minha resolução para 2017 é conhecer dois novos! Tenho que correr atrás, né?

Continua após a publicidade

5. Fazer menos compras de última hora no aeroporto

Quem nunca foi viajar e falou que não ia comprar lembrancinhas pra ninguém, aí chegou no aeroporto, na hora de voltar pra casa, bateu aquele arrependimento e saiu comprando aquele monte de cacareco caro por ali mesmo? Antigamente eu comprava souvenirs pra um milhão de pessoas toda vez que ia viajar. Era aquele drama… lembrar de todo mundo, achar alguma coisa legal pra cada um, fazer tudo caber na mala. Mas com o tempo decidi implementar a política do “só levo se tiver um significado”. Ou seja, nada de comprar por comprar e sim comprar quando alguma coisa faz sentido para alguém. Mas de vez em quando ainda faço umas comprinhas no aeroporto antes de voltar…

6. Dar mais chances ao acaso

Sou super organizada quando o assunto é viagem. Sempre tenho todos os hotéis reservados, geralmente sei onde quero ir, onde quero comer. Claro que ter planos é bom, ajuda na viagem, ajuda a economizar, etc. Mas é importante também deixar espaço para fazer coisas de maneira espontânea quando estamos conhecendo um lugar. Quantas vezes não me arrependi de já ter um hotel reservado em outra cidade antes mesmo de conhecer a que estava e me arrepender de não poder ficar uma noite a mais? Para 2017, planejar sim, mas com parcimônia.

7. Ter mais paciência em trânsito

Não tem jeito. Para continuar viajando não temos escolha e temos que enfrentar todas as burocracias chatas de viagem como fazer check-in, passar pela fila do raio x, viajar na econômica, fazer imigração, etc. Muitas vezes temos vontade de esganar o passageiro da frente no avião ou o funcionário mal educado da alfândega, mas são perrengues de viagem que vez ou outra temos que enfrentar. O jeito é tentar respirar fundo, meditar e não se estressar. Lembrar que estamos indo viajar e que amanhã você nem vai lembrar da cara de quem te irritou.

Continua após a publicidade

8. Viajar sem ideias preconcebidas

Muitas vezes viajamos com ideias prontas e preconceitos antes mesmo de termos colocado o pé em algum lugar. Japão é caro. Nova York é sujo. Franceses são mal educados. Comida na Índia é apimentada demais. Claro que é importante ler e se informar sobre seu próximo destino, mas é bom também viajar com a mente e o coração abertos para conhecer de verdade os lugares. Odeio generalizações e acho que nada é bom ou ruim, feio ou bonito. Tudo é uma questão de ponto de vista e com viagem isso é mais verdade do que nunca. Que tal deixarmos nossos preconceitos e prejulgamentos em casa na próxima viagem?

Tóquio

9. Conhecer mais sobre a história dos lugares

Já contei pra vocês que adoro planejar viagens. Adoro ler sobre os lugares, descobrir coisas para fazer, lugares para conhecer. Mas uma coisa que eu sempre falho e que quero corrigir no ano que vem é aprender mais sobre a história dos lugares que visito. Toda vez que compro um guia acabo pulando a parte da história (#prontofalei). E depois sempre me arrependo porque volto pra casa querendo entender melhor porque aquele lugar é daquele jeito. Ano que vem, prometo!

Continua após a publicidade

10. Sair da sua zona de conforto

Muitas vezes a gente acaba viajando, mas não explorando a fundo os lugares porque tem medo do desconhecido, de se aventurar a fazer coisas diferentes ou simplesmente que nunca fez. Que tal em 2017 tentar sair mais da sua zona de conforto quando for viajar? Nunca acampou? Porque não vai? Nunca fez snorkel? Experimente! Nunca foi para um país onde você não fala a língua? Vá! A vida é curta e o mundo é grande e lindo demais para fazermos sempre a mesma coisa e ir para os mesmos lugares. Aproveite!

Agora é a vez de vocês me falarem das resoluções de viagem para o ano que vem! Obrigada por viajarem junto comigo aqui no blog e que em 2017 a gente viaje muito mais! Feliz ano novo!

Happy new year

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.