Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Matheus Leitão

Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

Pesquisa Datafolha deixou escapar um importante sinal para Bolsonaro

A avaliação foi feita à coluna pelo cientista político Antônio Lavareda, responsável pela pesquisa Ipespe, divulgada nesta sexta, 25

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 28 mar 2022, 10h09 - Publicado em 25 mar 2022, 12h12

O cientista político Antônio Lavareda, responsável pela pesquisa Ipespe, acredita que o novo levantamento do Instituto, divulgado nesta sexta-feira, 25, captou um movimento do eleitor que o DataFolha deixou escapar.

Segundo ele, o DataFolha, com intervalo de três meses (o último levantamento havia sido feito em dezembro), “detectou só a subida de Bolsonaro”. “Ipespe, com medições quinzenais, captou a subida e o recuo”, sentenciou Lavareda, após a divulgação da nova rodada da pesquisa que é responsável.

“Nenhum governo no mundo deixa de ser afetado pela alta de preços. Quem tiver dúvidas, pergunte ao [Joe] Biden”, completou o cientista político em mensagem enviada à coluna. Biden está perdendo popularidade, e, os Democratas, o apoio eleitoral, por causa da inflação em alta nos EUA. Isso pode ser um grande problema para Biden, porque este ano é o da estratégica eleição de meio de mandato.

DIFERENÇAS

O DataFolha mostrou nesta quinta, 24, uma importante recuperação de Bolsonaro nas pesquisas de intenção de voto – a diferença em relação a Lula no primeiro turno diminuiu em até 5 pontos e o presidente ainda viu sua rejeição cair os mesmos 5, além de diminuir a diferença em oito pontos contra o petista no segundo turno.

Continua após a publicidade

Já a pesquisa Ipespe registrou uma subida da rejeição de Bolsonaro em até três pontos, o aumento da vantagem de Lula para Bolsonaro em três pontos, na pesquisa estimulada (quando são apresentados os nomes dos candidatos) e outros três no segundo turno, com o petista ampliando bem a dianteira.

Na pesquisa Ipespe, 77% dos entrevistados ainda responderam que, para eles, os preços aumentaram muito. E que o governo Bolsonaro e a guerra na Ucrânia são os principais responsáveis – na visão desses eleitores – pelos aumentos dos combustíveis no Brasil – os dois com 45%.

Diante da discrepância nos números… só as próximas pesquisas poderão dizer se a recuperação de Bolsonaro, algo que todos os levantamentos registraram, foi freada, ou permanece em crescimento.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.