Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Matheus Leitão

Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

O critério equivocado de Lula para o Supremo

Entenda

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 13 Maio 2024, 20h56 - Publicado em 26 set 2023, 12h11

O presidente Lula avisou que não vai usar o critério de gênero e raça na escolha do novo ministro do Supremo Tribunal Federal. Mas deveria. E por várias razões.

Primeiro, porque os números são impressionantemente tristes. Revelam a natureza do Brasil. Foram 168 homens nomeados e apenas três mulheres nomeadas para a mais alta corte do país, em 132 anos.

Segundo, porque o petista foi eleito com a expectativa de mudar essa estrutura de poder brasileira – masculina e branca – tendo participação importante nesse processo.

É preciso lembrar que Lula foi votado majoritariamente pelas mulheres e majoritariamente pelos negros. A expectativa em relação ao petista e as ideias que ele defende é justamente a de mais mulheres e negros nas estruturas de poder.

Continua após a publicidade

Há uma inércia no poder no Brasil que se reproduz ao longo dos anos. 

Quem está no poder acaba indicando alguém parecido. Homens indicam homens, brancos indicam brancos. Por isso também, o poder se perpetua desta forma.

Só que o talento é distribuído igualmente entre as pessoas – brancos, negros, homens, mulheres. Não existe um grupo mais competente que o outro. 

Continua após a publicidade

E democracia, como sabemos, exige que haja mais representatividade. 

Jair Bolsonaro não acreditava nisso e dizia que isso era “mimimi”. Lula venceu a eleição dizendo exatamente o oposto.  

É bom que o presidente escolha uma pessoa que possa atender as expectativas do Brasil, como ele mesmo diz. Mas por que tem que ser homem? Essa é a pergunta que fica. Uma mulher não tem como atender as expectativas do Brasil? 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.