Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

A oposição pela oposição de Flávio Bolsonaro e Sergio Moro

Entenda

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 7 nov 2023, 23h49 - Publicado em 7 nov 2023, 22h30

A Reforma Tributária sempre foi pauta dos empresários e agentes econômicos mais identificados com a direita. Nesta terça, 7, essa direita resolveu ser contra a única proposta aprovada pelo Congresso Nacional, em 40 anos, para reorganizar o pagamento dos impostos que incidem sobre o consumo.

É a velha visão da oposição pela oposição diante dos nossos olhos, leitor.

Entre os expoentes dessa direita — melhor dizendo, extrema-direita — estão Flávio Bolsonaro, o filho Zero Um de Jair e mais provável herdeiro do seu espólio político, e Sergio Moro, o juiz que mandou prender Lula, virou ministro de Bolsonaro, depois denunciou abuso de poder do chefe, e na campanha fez o que? Se reconciliou com ele.

Aí você para e pensa.

E o PT como oposição? Não tem muita moral para falar! É aquele partido cujos os deputados votaram contra o texto da Constituição, apesar de terem assinado a Carta Magna depois.

Continua após a publicidade

O que mais parece é isso mesmo.

Flávio e Moro preferem fazer a oposição pela oposição, mesmo que o governo passado tenha defendido proposta similar de reforma. Alias, Bolsonaro só não conseguiu levar-la adiante pelos seus erros e incompetência.

Aí – você também sabe, leitor – pode haver uma certa dor de cotovelo de ver a agenda avançado pelas mãos da esquerda.

Isso também acontece na política em Brasília.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.