Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Weintraub dá início a pré-campanha em SP e consolida racha no bolsonarismo

Ex-ministro volta ao Brasil e marca eventos no interior paulista, na mesma semana em que Bolsonaro confirma o apoio a Tarcísio Gomes

Por Da Redação 14 jan 2022, 15h04

O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub desembarca no Brasil neste sábado, 15, para cumprir agendas no interior de São Paulo com a intenção de fortalecer sua pré-campanha ao governo estadual. Ao investir na própria candidatura, Weintraub amplia a divisão no campo de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, que já escolheu o ministro Tarcísio Gomes, da Infraestrutura, para representá-lo na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes.

O retorno do ex-ministro ocorre na mesma semana em que Bolsonaro reafirmou Tarcísio como seu pré-candidato, durante a transmissão semanal que faz em sua redes sociais. “Conversei com o Tarcísio, ele topou aí ser pré-candidato ao governo de São Paulo”, disse o presidente. “Ele, ganhando as eleições, vai fazer um trabalho semelhante ao meu, a começar pela escolha do secretariado, que tem que ser tecnicamente escolhido” — vale lembrar que boa parte dos cargos no primeiro e segundo escalão do governo Bolsonaro foi negociado com o Centrão, o bloco parlamentar que o apoia no Congresso.

Na próxima semana, Weintraub deve participar de eventos em cidades na região de Campinas, no Vale do Paraíba e no litoral norte do estado. Em sua conta oficial no Twitter, ele tem compartilhado mensagens de um perfil que promove sua pré-candidatura, e que também traz a agenda de eventos. Ele deve ficar poucos dias no Brasil e retornar aos Estados Unidos — ele ocupa cargo de diretor-executivo no Banco Mundial desde junho de 2020, quando saiu do Ministério da Educação.

Tarcísio e Weintraub ainda não confirmaram sua filiação a nenhum partido. O ex-ministro da Educação tem simpatizantes no PTB, que tem seu diretório paulista presidido pelo empresário Otávio Fakhoury — investigado no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que apura a propagação de fake news e a organização de atos antidemocráticos por apoiadores de Bolsonaro.

O ministro da Infraestrutura também deve intensificar as viagens para o interior paulista. Ele tem entre suas principais entusiastas a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), que tem se empenhado para agendar compromissos com o ministro no estado. A pré-candidatura governista também recebeu o apoio público do deputado estadual Gil Diniz (sem partido), que já foi assessor de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e é um aguerrido defensor do presidente na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Continua após a publicidade

Publicidade