Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Nunes surge pela 1ª vez à frente de Boulos, mas quadro é de empate técnico

Prefeito de São Paulo supera numericamente o seu principal adversário, segundo o instituto Paraná Pesquisas, mas a diferença está dentro da margem de erro

Por Da Redação Atualizado em 9 Maio 2024, 11h15 - Publicado em 19 mar 2024, 08h30

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), está numericamente à frente do deputado Guilherme Boulos (PSOL) na corrida eleitoral deste ano, embora em condição de empate técnico, segundo levantamento feito entre os dias 13 e 18 de março pelo Paraná Pesquisas e divulgado nesta terça-feira, 19. É a primeira vez que o atual ocupante do cargo na maior cidade do país aparece nessa posição nas sondagens do instituto.

Segundo a pesquisa, no principal cenário, Nunes tem 32,0% das intenções de voto contra 30,1% do seu principal adversário – como a margem de erro é de 2,7 pontos percentuais para mais ou para menos, os dois estão empatados tecnicamente.

No levantamento anterior, divulgado em fevereiro deste ano, Nunes também tinha 32,0%, mas Boulos vinha numericamente na ponta, com 33,0%. Na pesquisa de dezembro de 2023, Boulos tinha 32,4% contra 29,1% do atual prefeito – ou seja, nos três levantamentos, eles estavam empatados na margem de erro, mas agora a novidade é Nunes numericamente na frente (veja quadro abaixo).

Na pesquisa divulgada hoje, logo abaixo dos favoritos aparecem a deputada Tabata Amaral (PSB), com 9,6%; a economista Marina Helena (Novo), com 5,9%; o deputado Kim Kataguiri (União Brasil), com 5,7% — todos empatados entre si na margem de erro – e o metroviário Altino dos Prazeres (PSTU), com 1,0%.

Continua após a publicidade

Entre os entrevistados, 9,6% declararam que irão votar em branco, nulo ou nenhum, enquanto 6,1% disseram que não sabem ou não responderam. Foram entrevistados 1.350 eleitores na cidade de São Paulo.

Espontânea

A tendência na sucessão paulistana é parecida com a detectada na pesquisa espontânea (quando o entrevistado diz em quem irá votar sem que lhe seja apresentada nenhuma lista de nomes): nesse tipo de sondagem, Nunes também aparece numericamente pela primeira vez à frente de Boulos, com 10,7% contra 9,0% do seu adversário — tecnicamente a situação também é de empate.

Entre os demais concorrentes, apenas Tabata consegue atingir um ponto percentual: a deputada tem 1,2% das menções espontâneas dos eleitores

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.