Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Maquiavel

Por José Benedito da Silva Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho e Isabella Alonso Panho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

MT: Líder do agro que apoia Lula fica para trás em disputa ao Senado

Neri Geller, que teve o mandato cassado e recorre da decisão, está longe de Wellington Fagundes segundo pesquisa do Real Time Big Data

Por Da Redação
29 ago 2022, 17h31

A nova pesquisa do Real Time Big Data sobre as eleições estaduais do Mato Grosso divulgada nesta segunda-feira, 29, coloca o senador Wellington Fagundes (PL) como primeiro colocado na disputa ao Senado, com 38% das intenções de voto. O deputado federal Neri Geller (PP) é o segundo, mas tem apenas 9%. A margem de erro é de três pontos para mais ou para menos.

A pesquisa é uma frustração para Geller, que é uma das pontes construídas por Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com o agronegócio no Centro-Oeste. Mas mesmo quando o instituto deixa claro que Lula apoia Geller, o candidato sobe apenas para 15%. Do outro lado, Fagundes com o apoio de Jair Bolsonaro (PL) chega a 47% das intenções de voto.

Geller é produtor rural e vice-presidente da poderosa Frente Parlamentar da Agropecuária na Câmara. Ele foi relator de leis no Congresso que flexibilizam o licenciamento ambiental. Sua relação mais próxima com o PT foi como ministro da Agricultura entre 2014 e 2015, quando estava no MDB, durante o governo de Dilma Rousseff. Agora pertence a um partido do Centrão, mas optou pela aliança com Lula.

Pesa também contra Geller o fato do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 23 de agosto último, ter cassado seu mandato de deputado federal e o declarado inelegível por oito anos, baseado em denúncia do Ministério Público Eleitoral (MPE) que apontou abuso de poder econômico na campanha de 2018. Geller recorreu da decisão e foi liberado para fazer campanha ao Senado até que o caso seja apreciado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso.

Empatado tecnicamente com Geller na pesquisa está outro líder ruralista, Antônio Galvan (PTB), que tem 5%. Galvan é presidente licenciado da Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja e Milho do Brasil), é apoiador de Bolsonaro e ficou conhecido nacionalmente em agosto do ano passado quando foi alvo de operação de busca e apreensão feita pela Polícia Federal a mando do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, que investigava o financiamento de atos antidemocráticos para o dia 7 de setembro. Ele chegou à sede da PF dirigindo um trator, à frente de uma “carreata” de tratores com outros ruralistas.

Continua após a publicidade

Na pesquisa divulgada hoje, outros candidatos ao Senado não passam dos 2%. São 13% de brancos e nulos e 28% que não sabem ou não responderam.

Governo

Na disputa pelo governo, o atual governador Mauro Mendes (União Brasil) caminha bem para a reeleição, segundo o mesmo levantamento. Mendes tem 49% das intenções de votos totais, o que lhe daria a vitória no primeiro turno. Marcia Pinheiro (PV) tem 8%, Pastor Marcos Ritela (PTB) tem 6% e Moisés Franz (PSOL) tem apenas 2%. São 15% de brancos e nulos e 20% que não sabem ou não responderam.

O Real Time Big Data ouviu 1.500 eleitores entre os dias 26 e 27 de agosto e cadastrou a pesquisa no TSE com o número MT-03215/2022.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.