Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Caso Karol Eller: deputados pedem investigação de igreja por ‘cura gay’

Influenciadora bolsonarista anunciou que 'renunciou à prática homossexual' depois de participar de retiro evangélico

Por Victoria Bechara
Atualizado em 17 out 2023, 14h26 - Publicado em 17 out 2023, 11h23

Os deputados Pastor Henrique Vieira (RJ), Erika Hilton (SP) e Luciene Cavalcante (SP), todos do PSOL, pediram ao Ministério Público Federal nesta segunda-feira, 16, a investigação da igreja Assembleia de Deus de Rio Verde, em Goiás, por supostamente promover terapias de conversão sexual. 

A representação foi protocolada após a morte da influenciadora bolsonarista Karol Eller na semana passada, em São Paulo. O caso foi registrado como suicídio. Um mês antes, ela anunciou que “renunciou à prática homossexual” após o retiro de jovens Manaaim, organizado pela igreja evangélica. A vítima era próxima da família Bolsonaro e trabalhava no gabinete do deputado estadual Paulo Mansur (PL), em São Paulo. 

No pedido enviado ao MPF, os parlamentares afirmam que os direitos da população LGBT+ estão resguardados pela Constituição e que a prática da chamada “cura gay” poderia ser tipificada como crime de injúria ou tortura psicológica. Os deputados também pedem a apuração de possível incitação ao suicídio por motivo torpe.

“Os tratamentos de cura gay são verdadeiras práticas de tortura e agressão a toda a população LGBTQIAPN+, cuja orientação sexual ou designação de gênero são características inerentes a cada sujeito, sendo impossível sua alteração”, diz o documento. “Serve a presente para solicitar a apuração dos fatos narrados com a devida investigação da prática de cura gay pelos representados e demais entidades, profissionais, grupos e empresas em atividade no Brasil.”

Continua após a publicidade

 

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.