Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Maquiavel Por José Benedito da Silva A política e seus bastidores. Com João Pedroso de Campos, Reynaldo Turollo Jr., Tulio Kruse, Diogo Magri, Victoria Bechara e Sérgio Quintella. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Cabo Daciolo desiste de candidatura e anuncia apoio a Ciro Gomes

Ex-bombeiro militar fez anúncio um dia após o presidenciável do PDT ser alvo de operação da Polícia Federal

Por Caíque Alencar Atualizado em 16 dez 2021, 12h40 - Publicado em 16 dez 2021, 12h07

O agora ex-presidenciável Cabo Daciolo (Brasil 35) anunciou nesta quinta-feira, 16, que não é mais candidato à presidência da República e disse que vai apoiar o pré-candidato Ciro Gomes (PDT), que foi alvo de operação da Polícia Federal (PF) um dia antes, na disputa pelo Palácio do Planalto. O anúncio foi feito em publicação no Twitter. “Depois da perseguição política contra Ciro, Cabo Daciolo anuncia que não é mais candidato à presidência e declara apoio a Ciro Gomes!”, diz o tweet.

Em um vídeo publicado no perfil de uma conta de apoiadores de Ciro Gomes, Daciolo afirma que se reuniu com ex-ministro e que “foi um momento especial estar contigo ontem [quarta-feira, 15]”. “Irmãozão, no dia da eleição de 2022 na contagem dos votos, se tiver um voto lá, pode ter certeza que esse voto foi do Cabo Daciolo”, diz o ex-bombeiro militar.

Ao fim do recado, Daciolo pede desculpas a seus eleitores. “Peço perdão se estou magoando os meus eleitores, aqueles que acreditam no Cabo Daciolo, mas eu estou aqui… Fui pulsionado pelo Espírito Santo”, afirma. O ex-candidato termina o vídeo dizendo que não foi definido se ele entrará na disputa por vaga no Senado, governo estadual ou vai deixar de tentar um cargo público no ano que vem.

Recém-filiado ao Brasil 35, antigo PMB (Partido da Mulher Brasileira), Daciolo se declarava como pré-candidato na chamada terceira via com o discurso de que iria “unir e libertar o Brasil”.

No início do mês, ele foi alvo de boato de que queria ter o youtuber Felipe Neto como vice em sua chapa presidencial, rumor que negou e considerou “fake news” na tentativa de derrubar a candidatura. “Quem pratica a fraude não habitará no meu santuário; o mentiroso não permanecerá na minha presença”, comentou Daciolo ao rebater o boato.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)