Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Bolsa do governo Lula para ensino médio atrai 2,5 milhões de estudantes

Primeira rodada de pagamentos do programa Pé-de-Meia, do Ministério da Educação, ocorre a partir de 26 de março

Por Da Redação Atualizado em 9 Maio 2024, 11h15 - Publicado em 18 mar 2024, 17h17

Na próxima semana, os alunos do ensino médio que foram aprovados para o programa Pé-de-Meia, do Ministério da Educação (MEC), começam a receber a primeira parcela de 200 reais em auxílio do governo federal. Cerca de 2,5 milhões de estudantes receberão o pagamento entre os dias 26 de março e 3 de abril, totalizando um gasto de aproximadamente 500 milhões de reais nesta primeira leva de repasses (confira o calendário de pagamentos no final do texto).

Anunciado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no último mês de janeiro, o programa é uma iniciativa de combate à evasão escolar que oferece depósitos mensais de 200 reais a alunos dos três anos do ensino médio que não abandonem os estudos. Além de dez parcelas anuais de 200 reais, cada estudante tem direito a 1.000 reais por ano letivo concluído e mais um pagamento extra de 200 reais se decidir se inscrever no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Os valores são repassados aos beneficiados por meio de contas digitais da Caixa Econômica Federal. Os pagamentos mensais podem ser sacados a qualquer momento, mas o adicional por ano de estudo só estará disponível quando o aluno concluir o ensino médio — assim, um estudante que se inscreveu no programa no primeiro ano do ensino médio poderá receber, ao fim dos três anos do curso, até 9.200 reais em incentivos.

Permanência na escola

Segundo o regulamento, para receber os repasses do Pé-de-Meia, o aluno deve efetivar a matrícula no início de cada ano letivo, comprovar a frequência escolar de pelo menos 80% das horas de aula e concluir o ano com aprovação. Além disso, o beneficiado menor de idade precisará de autorização dos responsáveis legais para movimentar o valor depositado na Caixa.

Continua após a publicidade

O cronograma de pagamentos da primeira parcela, referente à matrícula anual, seguirá o seguinte calendário:

  • 26 de março: estudantes nascidos em janeiro e fevereiro
  • 27 de março: estudantes nascidos em março e abril
  • 28 de março: estudantes nascidos em maio e junho
  • 1º de abril: estudantes nascidos em julho e agosto
  • 2 de abril: estudantes nascidos em setembro e outubro
  • 3 de abril: estudantes nascidos em novembro e dezembro

Com informações da Agência Brasil.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.