Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

BA: pesquisa confirma alta de petista, mas ACM ainda venceria no 1º turno

Levantamento foi divulgado pelo instituto Paraná Pesquisas nesta terça-feira

Por Da Redação Atualizado em 6 set 2022, 10h47 - Publicado em 6 set 2022, 10h46

O ex-secretário Jerônimo Rodrigues (PT) cresceu nas intenções de voto e reduziu a diferença para o líder da corrida ao governo da Bahia, ACM Neto (União Brasil), mas o ex-prefeito de Salvador ainda venceria a eleição no primeiro turno se a disputa fosse hoje, segundo levantamento divulgado nesta terça-feira, 6, pelo instituto Paraná Pesquisas – ele tem 52,9% das intenções de voto contra 20,5% do petista.

Os últimos levantamentos apontam que Rodrigues, que é apoiado pelo governador Rui Costa (PT) e pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), tem conseguido diminuir a diferença para o líder da disputa. Em levantamento divulgado na segunda-feira, o instituto Real Time Big Data já tinha detectado o movimento, com uma queda de treze pontos na vantagem de ACM Neto desde julho.

Na série recente do Paraná Pesquisas, o petista tinha 15,8% em julho, foi para 18,2% em agosto e atingiu 20,5% em setembro. Já o ex-prefeito de Salvador tinha 58,0%, depois caiu para 53,5% e agora chegou a 52,9%. Apesar do encolhimento da diferença, faltando menos de um mês para a votação, ACM Neto ainda é o grande favorito para conquistar o governo da Bahia.

Na pesquisa divulgada hoje, aparece na sequência o ex-ministro João Roma (PL), que tem o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL), com 11,6%, e Marcelo Millet (PCO), com 1,0%. Os demais candidatos não atingiram um ponto percentual. Entre os entrevistados, 6,9% declararam que irão votar em branco, nulo ou nenhum e 5,8% disseram que não sabem ou não responderam.

A pesquisa foi feita por meio de entrevistas pessoais com 1.540 eleitores entre os dias 1 e 5 de setembro e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o nº BA-09401/2022. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.