Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

A ‘surpresa zero’ de Deltan com o deboche de Eduardo Cunha

Preso na Lava-Jato, ex-presidente da Câmara ironizou a cassação do mandato de ex-procurador pelo TSE

Por Sérgio Quintella Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 22 Maio 2023, 13h47 - Publicado em 21 Maio 2023, 18h15

O agora ex-deputado federal Deltan Dallagnol (Podemos-PR) afirmou que não se surpreendeu com o deboche de Eduardo Cunha, após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassar o seu mandato, na terça-feira, 16. “Tchau, querido”, postou Cunha. “Outro dia, o Cunha encontrou um amigo em comum no elevador da Câmara e falou ‘vamos cassar o Deltan’. E na terça a promessa do Eduardo foi finalmente cumprida”, diz o ex-procurador. “Ele está todo dia aqui na Câmara e tem relacionamentos com muitos parlamentares com poder aqui dentro”.

Deltan teve sua candidatura cassada após o TSE entender que ele  não poderia ter pedido exoneração do Ministério Público Federal para se candidatar ao cargo de deputado, pois pesavam contra ele quinze processos administrativos que poderiam resultar em punição administrativa. Caso isso ocorresse, ele estaria enquadrado na Lei da Ficha Limpa. “O recorrido agiu para fraudar a lei, uma vez que praticou uma série de atos para obstar processos disciplinares contra si, e, portanto, elidir a inelegibilidade”, afirmou Benedito Gonçalves, corregedor-geral da Justiça Eleitoral, após receber o caso da primeira instância.

O ex-procurador nega que fosse alvo de processos que pudessem culminar com sua inelegibilidade e vai recorrer ao próprio TSE e ao Supremo Tribunal Federal.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.