Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
José Casado Por José Casado Informação e análise

Simone Tebet mira em Educação e Saúde para atrair eleitoras anti-Bolsonaro

Ela decidiu se apresentar como alternativa moderada e garantir às eleitoras pobres, acossadas pela inflação, a saúde e a educação dos filhos

Por José Casado Atualizado em 22 jun 2022, 08h12 - Publicado em 22 jun 2022, 08h00

A cúpula do MDB está animada com os resultados da série de pesquisas que mandou realizar no último mês sobre as chances de Simone Tebet, candidata presidencial da coalizão do partido com o PSDB e o Cidadania.

Há espaço, acredita-se, para que avance no eleitorado feminino (52% do total de votos). São as  mulheres que sustentam a vantagem de Lula (cerca de 20 pontos à frente) sobre Jair Bolsonaro. Entre homens, se aproximam.

Pelas sondagens do partido, entre quinze e vinte de cada cem eleitoras de Lula o rejeitam, porém rejeitam muito mais Bolsonaro, e sem alternativa visível fazem uma opção preferencial pelo petista.

O problema de Bolsonaro é com as mulheres, foi detectado nas pesquisas durante a disputa de 2018 e foi potencializado na pandemia, pelo negacionismo e atitudes deploradas em relação às vítimas.

Tebet decidiu confrontá-lo na fase inicial da sua campanha de rua, prevista para a semana que vem. Planeja se apresentar como alternativa moderada, com respostas diretas a problemas mais aflitivos para a maioria de eleitoras pobres, acossadas pela inflação disseminada e que chefiam famílias: a garantia de saúde e de educação para os filhos.

Para a cúpula do MDB, sua candidatura representa a oportunidade de reconectar o partido com uma fração significativa do eleitorado que não se identifica com o dueto Lula-Bolsonaro. Pelas pesquisas encomendadas, esse segmento chega a 40% dos votos disponíveis.

Para Tebet, que conseguiu somar MDB, PSDB e Cidadania, será um novo e inédito teste de competência política.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)