Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
José Casado Por José Casado Informação e análise

Presidente do STM sobre o terror na ditadura: “Simplesmente ignoramos”

Frase

Por José Casado Atualizado em 20 abr 2022, 04h45 - Publicado em 20 abr 2022, 09h00

“Não temos resposta nenhuma para dar. Simplesmente ignoramos uma notícia tendenciosa. A gente já sabe os motivos, do por que isso vem acontecendo nesses últimos dias, seguidamente, por várias direções, querendo atingir as Forças Armadas, o Exército, a Marinha, a Aeronáutica, nós que somos quem cuida da disciplina, da hierarquia. Não temos resposta nenhuma para dar, simplesmente ignoramos uma notícia tendenciosa daquela, que nós sabemos o motivo. Não têm nada para buscar hoje, vão buscar no passado, rebuscar o passado. Só varrem um lado. Não varrem o outro. É sempre assim, já estamos acostumados com isso. Aconteceu durante a Páscoa. Garanto que não estragou a Páscoa de ninguém. A minha não estragou”

(Luiz Carlos Gomes Mattos, presidente do Superior Tribunal Militar, sobre a revelação das gravações das sessões da corte durante uma década de ditadura, nas quais alguns juízes debatiam a tortura de presos políticos e se distanciavam do aparato terrorista, defendendo a volta aos quartéis para acabar com a indisciplina e recuperar a hierarquia nas Forças Armadas, o que ocorreu a partir do governo Ernesto Geisel.  O general Gomes Mattos entrou na carreira em 1964, ano do golpe, e integra uma ala de antigos oficiais que costumam renegar a história das instituições a que servem.) 


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)