Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
José Casado Por José Casado Informação e análise

O ‘fator Alckmin’ indica mudança de rumo do PT de Lula

O primeiro beneficiário é Lula. Falta um ano para a eleição, ele é favorito nas pesquisas há sete meses, mas, paradoxalmente, ainda é um político isolado

Por José Casado Atualizado em 13 nov 2021, 04h02 - Publicado em 13 nov 2021, 08h00

Lula e Geraldo Alckmin andaram conversando. Foi meses atrás, depois do encontro de Lula com Fernando Henrique Cardoso, acidamente criticado pela burocracia petista na época.

Aos 69, Alckmin, médico de profissão, foi o político mais longevo no governo de São Paulo, onde esteve por mais de uma década. Já havia se reunido algumas vezes com Fernando Haddad, ex-prefeito paulistano e derrotado nas eleições presidenciais de 2018.

Desde então, proliferam versões sobre uma aliança eleitoral, projeto que o vento da história arrasou quatro décadas atrás. Dos escombros, surgiram PT e PSDB como forças políticas dominantes — até à chegada de Jair Bolsonaro, hoje adversário comum.

Nenhum dos protagonistas nega, confirma ou sequer afirma disposição para eventual acordo, mas essa é a partitura do balé da política.

O primeiro beneficiário é Lula. Falta um ano para a eleição, ele é favorito nas pesquisas há sete meses, mas, paradoxalmente, ainda é um político isolado.

Mesmo se não resultar em nada, essa aproximação com líderes do PSDB, especialmente com Alckmin, líder paulista e adversário do governador João Doria, ajuda Lula a sair da clausura política para tentar mitigar o antipetismo no mercado eleitoral.

Para Alckmin é um bom negócio, sob todos aspectos. “Já disseram que eu vou ser candidato a senador, a governador, a vice-presidente [de Lula]… Vamos ouvir” — desconversou ontem, agradecido pela “lembrança” do seu nome, depois de encontrar Ciro Gomes, o mais ferino adversário de Lula.

Pode não dar em nada, mas o “fator Alckmin” já sinaliza mudança de rumo no PT de Lula.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês