Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Clarissa Oliveira Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Notas sobre política e economia. Análises, vídeos e informações exclusivas de bastidores
Continua após publicidade

Os preparativos para a conversa de Lula com Kassab

Ex-presidente e ex-ministro acumulam há meses capital político para sentar à mesa e discutir uma possível aliança na corrida presidencial

Por Clarissa Oliveira
Atualizado em 31 jan 2022, 22h31 - Publicado em 31 jan 2022, 17h40

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esbanja favoritismo na corrida presidencial. E não é mistério para ninguém que o PSD de Gilberto Kassab é uma das noivas mais cobiçadas da eleição. Difícil adivinhar quem vai chegar com mais sede na reunião entre os dois, prevista para acontecer ainda próximas semanas. O encontro ainda não tem data marcada, porque Kassab mal saiu do hospital depois de se internar com Covid-19. Mas os dois lados dizem que não vai demorar.

O jogo que ambos fizeram para chegar até aqui com um bom capital político para colocar na mesa é para lá de complexo. Lula quer de qualquer jeito convencer Kassab a aderir desde já a sua candidatura presidencial. Quer poder “apertar as bochechas” do ex-ministro, como ele mesmo costuma brincar, ainda no primeiro turno. Leva em baixo do braço o cargo de vice, além de palanques estaduais.

Kassab vem indicando que já definiu claramente para onde vai, pelo menos no longo prazo. Não esconde que acredita no favoritismo de Lula e já deixou claro que quer distância do presidente Jair Bolsonaro. Mas jura que não vai trilhar esse caminho antes do primeiro turno. É questão de coerência para um partido de centro, diz ele.

Mas Lula, dizem os mais próximos, vai para essa reunião cheio de argumentos para convencer Kassab. Tem que diga, inclusive, que todo o namoro do ex-presidente com o ex-governador Geraldo Alckmin é só parte de seu plano para trazer o PSD para a campanha. Que Lula estaria disposto a rifar o ex-tucano e, numa tacada só, abrir caminho para Fernando Haddad em São Paulo e enfraquecer Kassab na negociação nacional. Afinal, a simples conversa com Alckmin indicaria que o PT não precisa tanto assim do PSD para fazer o tão desejado aceno ao centro.

Tem quem diga que o vice pode até ser Alckmin, desde que filiado ao PSD. Tem quem diga que não. Que Lula ficaria bem feliz  mesmo é com um nome como Josué Gomes, filho de José Alencar. Ou do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil. Uma ideia que, aliás, agrada bastante a amigos de Lula, como relatou a coluna na semana passada.

Continua após a publicidade

Tem quem diga ainda que Kassab sempre quis se criar as condições para ele próprio seja vice de Lula. Que lançou Rodrigo Pacheco apenas para dar uma satisfação para a ala do PSD que gostaria de ver o partido bem longe do PT. E, como timing é tudo nessa vida, o presidente do Senado, curiosamente, já começou a dar sinais de que não quer mais saber dessa história de disputar Presidência.

Leia também: Uma ideia dos amigos de Lula para substituir a chapa com Alckmin

Giro VEJA: O PT bate em Alckmin e Lula assopra

Continua após a publicidade

 

 

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.