Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Cidades sem Fronteiras Por Mariana Barros A cada mês, cinco milhões de pessoas trocam o campo pelo asfalto. Ao final do século seremos a única espécie totalmente urbana do planeta. Conheça aqui os desafios dessa histórica transformação.

“O Uber é transporte clandestino, mero atravessador com o discurso de inovador”

Em artigo, presidente do Sinetaxi e da Adetax rebate críticas do ex-taxista e atual motorista do Uber

Por Mariana Barros Atualizado em 30 jul 2020, 23h28 - Publicado em 22 fev 2016, 21h22
Taxistas protestam contra o Uber em frente ao estádio do Pacaembu, em São Paulo (Jorge Araújo/ Folhapress / VEJA)

Taxistas protestam contra o Uber em frente ao estádio do Pacaembu, em São Paulo (Jorge Araújo/ Folhapress / VEJA)

Reproduzo a mensagem enviada pelo presidente do Sinetaxi e da Adetax Ricardo Auriemma em resposta ao artigo do ex-taxista Daniel Bezerra, hoje motorista do Uber.
 *
Resposta:
 *
“Sobre o artigo ‘Chega de Opressão’ do motorista sob o pseudônimo de Daniel Bezerra publicado, hoje (22/02/16) no Blog “Cidades Sem Fronteiras” da jornalista Mariana Barros:A Adetax e o Sinetaxi esclarecem que, essencialmente, as empresas de táxi associadas não alugam ou comercializam alvarás. O alvará é apenas um dos itens que compõem o produto táxi, com muito mais valor agregado que o simples documento “alvará”. As empresas atuam legalmente, não são isentas de tributos, são responsáveis civilmente pelos táxis, arcam com investimentos na renovação da frota, que tem no máximo dois anos de idade, com garagens e despesas de manutenção, seguros, despesas administrativas, entre outras que um motorista teria que despender para trabalhar como autônomo no setor. Enquanto que o transporte clandestino, como um mero atravessador e com um discurso de inovador, nada mais faz do que cobrar do seu parceiro sua comissão, sem se responsabilizar por nenhum serviço que intermedia. E se o passageiro for lesado ele se torna um intermediário sem qualquer responsabilidade.
*
Ricardo Auriemma, presidente do Sinetaxi – Sindicato das Empresas de Táxi e Locação de Táxi do Estado de São Paulo e da Adetax – Associação das Empresas de Táxi do Município de São Paulo.
 *
 *
Por Mariana Barros

>> Acompanhe o Cidades sem Fronteiras no Facebook // Siga no Twitter// E no Instagram

 

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês