Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Blog da Rússia Em detalhes, a cobertura da Copa do Mundo de 2018

A torcida russa gritou, gritou… e conseguiu ‘vencer’ com a seleção

A seleção da casa foi empurrada pelas arquibancadas repletas de torcedores incansáveis

Por Silvio Nascimento Atualizado em 1 jul 2018, 14h07 - Publicado em 1 jul 2018, 13h48

MOSCOU – Estádio lotado, com público de 78.011 pessoas. De início a torcida pegou fogo ao som do refrão de Seven Nation Army, do White Stripes, que virou grito de guerra de todas as torcidas em estádios pelo mundo. A seguir, sob sol de 27 graus, com as equipes em campo, o hino nacional fez os russos soltarem a voz (video abaixo). Depois, a cada raro ataque, ou desarme, mesmo que meio sem estratégia formada, a torcida se inflamava. Ao levar o primeiro gol, numa cobrança de falta de Asensio que resvalou em Ignashevichh, uma pausa na euforia, logo retomada muitos graus acima com o gol de pênalti de Dzyuba – seu terceiro na Copa. O estádio Lujniki tremeu, literalmente!

Tabela completa de jogos da Copa do Mundo 2018

As vaias vieram a cada toque de bola dos espanhóis. E assim foram até que o jogo terminasse no tempo regular em 1 a 1 e torcida comemorasse, pela segunda vez, como se tivesse vencido a partida. Começava aí a segunda parte da que mais parecia uma ópera – a Espanha teve 75% do tempo de posse de bola, contra apenas 25% dos russos.

E foi um batalha, com russos se defendendo e espanhóis tocando a bola. mas das arquibancadas vinha a força extra da equipe da casa. Cada recuperação de bola,  cada corte da defesa, todo lance era comemorado como se fosse um gol. E a seleção russa teve forças para barrar o toque e a maior habilidade dos espanhóis.

Nos pênaltis, novamente a torcida “entrou em campo”. Ao definir a partida, com pênalti perdido por Iago Aspas. minutos de vibração e gritaria frenética escoando por todo o estádio. A Rússia já foi muito além do que esperava. Graças à sua torcida.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)