Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vídeo usa milhares de fotos para mostrar ‘luz do Ártico’

Em novo projeto, fotógrafo que havia registrado a Via Láctea do alto da maior montanha da Espanha, utiliza a mesma técnica para capturar imagens do Ártico

Depois de ter lançado um vídeo mostrando a Via Láctea do alto da montanha mais alta da Espanha, o fotógrafo norueguês Terje Sorgjerd cumpriu o que havia prometido em entrevista ao site de VEJA. Ele registrou as magníficas cores projetadas pelo sol na região do Ártico, quatro semanas antes do sol da meia noite, época do ano em que a estrela nunca se põe no Hemisfério Norte.

O vídeo divulgado pelo fotógrafo é o resultado de uma jornada de 12 dias, entre 29 de abril e 10 de maio. De acordo com Sorgjerd, a empreitada poderia muito bem ter custado a própria vida. Ele caiu nas águas geladas do Ártico duas vezes e foi hospitalizado depois de cair de uma pedra.

As imagens não sofreram praticamente nenhuma alteração. As cores são reais. “Nenhuma imagem foi modificada no Photoshop”, afirma. O vídeo foi gravado usando duas câmeras Canon 5D Mark II e vários outros equipamentos. A resolução das fotos é oito vezes maior que o FullHD, o máximo conseguido pelas televisões digitais. A trilha sonora foi feita especialmente para o vídeo pela compositora e pianista Marika Takeuchi, a pedido de Sorgjerd.

O vídeo foi todo filmado em Lofoten, na Noruega, em uma região de sete ilhas na mesma latitude da Groenlândia e do Alasca. Durante o dia a temperatura variou entre 4 a 16 graus Celsius, mas chegava a -7 durante a noite. O vídeo se tornou um hit instantâneo no Facebook, com 40.000 likes em menos de 24 horas.