Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Nos EUA, movimento antivacina não poupa nem o Garibaldo

Tuíte do personagem dizendo que havia sido vacinado foi atacado por conservadores, mas também foi aplaudido pelo presidente Joe Biden

Por Alessandro Giannini Atualizado em 12 nov 2021, 11h23 - Publicado em 11 nov 2021, 16h30

Nem o Garibaldo saiu ileso do debate sobre vacinação contra a Covid-19 nos Estados Unidos. O carismático pássaro gigante da Vila Sésamo tuitou no sábado em seu perfil americano que tinha tomado a vacina contra a doença. “Minha asa está um pouco dolorida, mas dará ao meu corpo uma dose extra de proteção que mantém a mim e a outras pessoas saudáveis”, escreveu o personagem.

Foi o que bastou para a ala conservadora do Partido Republicano responder com agressividade ao “Big Bird”, como é chamado nos EUA. O senador do Texas Ted Cruz, por exemplo, acusou-o de fazer “propaganda governamental”. E não foram só políticos. A colaboradora da Fox News, Lisa Boothe, classificou a iniciativa como “lavagem cerebral de crianças”.

Por outro lado, houve quem aplaudisse, como o presidente Joe Biden. “Bom para você, Garibaldo. Ser vacinado é a melhor maneira de manter a segurança de toda a sua vizinhança”, escreveu o líder americano em resposta.

A Vila Sésamo original, Sesame Street, sempre foi vista com certa desconfiança pelos conservadores, por fazer parte da programação da tevê pública americana e ser financiada com verba do governo. No entanto, ao longo do tempo, mostrou ser uma ferramenta poderosa na conscientização de uma parte da população, ensinando conceitos como a necessidade de usar cinto de segurança e de fazer coleta seletiva de lixo.

“O que o Garibaldo está fazendo é parte de uma longa tradição. A diferença agora, claro, é que tudo virou política e tudo tem que fazer parte de um debate”, disse à agência Associated Press Thomas Doherty, professor de estudos americanos na Brandeis University. “Algo que todos nós queríamos há um ano, a vacina, agora é assunto de grande controvérsia.”

Continua após a publicidade

Publicidade