Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nasa recebe 6.372 inscrições para turma de astronautas de 2013

O número de inscrições é segundo maior na história da agência espacial

A Nasa anunciou nesta sexta-feira que recebeu 6.372 incrições para fazer parte da turma de astronautas que iniciará os treinamentos em 2013. O número de solicitações recebidas, o dobro do habitual, é segundo maior na história da agência espacial americana. Em 1978, mais de oito mil candidatos enviaram seu currículo com o sonho de fazer parte do corpo de astronautas da Nasa.

Em novembro de 2011, a agência espacial americana anunciou que abria o processo de seleção para recrutar os astronautas que continuarão com as missões à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), mas que também se prepararão para futuras explorações além da órbita terrestre.

“Uma combinação adequada de habilidades, educação e experiência proporcionará uma maior capacidade para trabalhar com sucesso em uma ampla gama de situações operativas”, afirmou em comunicado Janet Kavandi, diretora do departamento de operações da tripulação de voo.

A Nasa recebeu solicitações durante dois meses, prazo que venceu no dia 27 de janeiro. O diretor do escritório de seleção da Nasa, Duane Ross, admitiu a surpresa, já que, em convocações anteriores, as inscrições variaram entre 2.500 e 3.500 candidatos.

“Estamos um pouco surpresos, mas muito contentes pela arrasadora resposta. Isso demonstra que o publico mantém seu interesse na exploração espacial.” Uma vez recebidas as solicitações, começa um longo processo de seleção antes de convocar os pré-candidatos para as primeiras provas.

Durante os próximos dois meses aproximadamente, o pessoal do escritório de seleção de astronautas revisará os currículos. Os candidatos mais bem qualificados serão analisados por um comitê de seleção que determinará quem continua para os testes médicos e as primeiras entrevistas.

O processo de entrevistas é realizado em duas etapas, primeiro as do comitê de seleção de astronautas, entre agosto e outubro, e posteriormente, segundo o calendário estabelecido, entre novembro e janeiro de 2013, acontece outra rodada de entrevistas na qual são avaliados também os testes médicos.

A expectativa é que o comitê tome sua decisão final na primavera de 2013 e a nova turma comece então os dois anos de treino antes que possam ser enviados em uma missão.

(Com Agência EFE)