Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre aos 81 anos Norio Ohga, ex-presidente da Sony que encabeçou a invenção do CD

Executivo esteve à frente da empresa japonesa entre 1982 e 1995 presidindo a introdução do CD no mercado da música e colocando a Sony no topo da indústria de vídeo games

O ex-presidente da Sony Norio Ohga, creditado como inventor do CD, morreu neste sábado aos 81 anos, por falência múltipla de órgãos. Ohga foi presidente da empresa japonesa entre 1982 e 1995, supervisionando a aquisição da Columbia Pictures em 1989 no pico da expansão econômica japonesa. O executivo faleceu como conselheiro da empresa.

Ohga foi responsável por encabeçar o desenvolvimento do CD e o subsequente uso da tecnologia na indústria da música, ao adquirir a gravadora americana CBS Records. Ohga também presidiu a entrada da Sony no mercado dos video games, que dominou com o console PlayStation. O executivo também foi presidente da Orquestra Filarmônica de Tóquio e vice das Federação Japonesa de Organizações Econômicas. Em 1995 Ohga renunciou do cargo de presidente da Sony, foi sucedido por Nobuyuki Idei e continuou como presidente do conselho de diretores até 2000.

Apesar da força que adquiriu desde os anos 1980, a Sony vem perdendo competitividade nos últimos. A empresa perdeu a liderança do mercado de games para a também japonesa Nintendo. No nicho de dispositivos portáteis de música, vem sendo colocada de lado pela americana Apple. No mercado de televisores LCD vem perdendo espaço para a sul-coreana Samsung.

“Não é exagero atribuir o sucesso da Sony além dos produtos de áudio e vídeo, filmes e games, e subsequente transformação da empresa em uma líder global, ao posicionamento visionário de Ohga”, disse Howard Stinger, que assumiu a chefia da Sony em 2005.