Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Mergulhadores encontram fragmento de quase meia tonelada de meteorito que caiu na Rússia

Rocha localizada no fundo de um lago tem entre 300 e 500 quilos e é o maior fragmento descoberto até agora do meteorito que atingiu a região em fevereiro

Por Da Redação - Atualizado em 6 maio 2016, 16h16 - Publicado em 15 out 2013, 18h50

Mergulhadores russos encontraram nesta terça-feira um fragmento de 300 a 500 quilos do meteorito que caiu em meados de fevereiro perto da cidade de Chelyabinsk, na Rússia.

O fragmento estava no fundo do lago Chebarkul, na região dos Montes Urais. “Dito em linguagem simples: nós caçamos o meteorito. Agora, só falta trazê-lo até a margem. No lago há grandes ondas, por isso é tecnicamente difícil e arriscado içá-lo diretamente”, diz Nikolai Murzin, diretor-geral da Aleut, companhia que tem realizado as operações de busca.

Segundo Murzin, a equipe está agora rebocando o pedaço de meteorito até a margem do lago, e a operação de retirada da rocha vai acontecer nesta quarta-feira.

O meteorito atingiu a região no começo do ano, ferindo mais de 1.500 pessoas, entre eles 319 crianças. Segundo as análises preliminares, ele tinha cerca de 10.000 toneladas e é o maior a atingir a Terra desde 1908.

Publicidade

Leia também:

Queda de meteorito provocou danos de US$ 30 milhões

Ondas de choque causadas por meteorito percorreram 85.000 quilômetros

Desde os primeiros momentos, os cientistas procuram por fragmentos do meteorito no fundo do lago gelado de Chebarkul, onde a queda do objeto deixou um grande buraco. Os mergulhadores já retiraram diversos pedaços de rocha do fundo do lago, que garantem pertencer ao objeto. Até agora, no entanto, o maior tinha apenas 4,74 quilos.

Publicidade

Enquanto fazem as buscas, os cientistas advertem a população local contra a coleta indiscriminada dos restos do meteorito, para não privar a ciência de um valioso material de pesquisa sobre a história do Universo. O estudo dos meteoritos é crucial para a reconstrução dos períodos iniciais do Sistema Solar, já que esses corpos incluem os mesmos componentes a partir dos quais foram criados os planetas.

Lago Chebarkul

Lago situado ao lado da cidade de Chebarkul, na região do Montes Urais, perto das fronteiras asiática e europeia da Rússia. Algumas cidades da região foram danificadas no começo do ano, com a queda do meteorito – o prejuízo passou dos 30 milhões de dólares

(Com agência EFE)

Publicidade