Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Homens poluem mais do que as mulheres no dia a dia, diz estudo

Com a mesma quantidade de dinheiro, os consumidores do sexo masculino consomem bens e serviços que emitem mais carbono

Por Da Redação Atualizado em 21 jul 2021, 18h46 - Publicado em 21 jul 2021, 18h21

Um estudo publicado esta semana no Journal of Industrial Ecology mostra que mudanças nos gastos com alimentação, férias e mobília poderiam diminuir emissões de gases de efeito estufa em quase 40%. A pesquisa, conduzida por Annika Carlsson Kanyama, do instituto Ecoloop, na Suécia, também indicou que homens poluem mais do que as mulheres no dia a dia.

O objetivo principal do estudo era identificar quais produtos e serviços entre os mais consumidos são também os que mais poluem. E mostrar que há substitutos no mercado menos poluentes, embora ainda não sejam predominantes.

O estudo também analisou os gastos anuais dos dois sexos e qual o impacto têm nas emissões poluentes. Os gastos dos homens causam 16% mais emissões do que as mulheres, apesar da quantia de dinheiro ser muito semelhante.

A maior diferença foram os gastos dos homens com gasolina e diesel para seus carros. As diferenças de gênero nas emissões foram pouco estudadas, disseram os pesquisadores, e devem ser reconhecidas em ações para vencer a crise climática.

A análise comparou homens e mulheres solteiros na Suécia e descobriu que comida e férias causaram mais da metade de todas as emissões para homens e mulheres. Os cientistas descobriram que trocar carne e laticínios por alimentos vegetais e usar transporte alternativo para as férias, em vez de usar aviões ou carros, reduz as emissões em 40%.

A pesquisa não incluiu combustível para veículos de trabalho, como táxis ou vans. Pesquisas anteriores descobriram que em famílias com um carro, os homens o usam com mais frequência para ir ao trabalho, enquanto as mulheres têm maior probabilidade de usar o transporte público.

Continua após a publicidade
Publicidade