Clique e assine a partir de 9,90/mês

EUA: Gingrich e Santorum atacam políticas ambientais de Obama

Por Win Mcnamee - Atualizado em 6 May 2016, 16h43 - Publicado em 12 Mar 2012, 19h00

Os pré-candidatos republicanos conservadores Newt Gringrich e Rick Santorum, que disputam com o moderado Mitt Romney a indicação de seu partido para as presidenciais americanas de novembro, criticaram nesta segunda-feira, em atos celebrados em Mississippi e Alabama, as políticas ambientais de Barack Obama.

Os três principais candidatos do partido republicano multiplicaram suas aparições em eventos de Campanha em Mississippi e Alabama, no coração do sul dos Estados Unidos, onde nesta terça-feira são celebradas primárias, junto de caucus (assembleias partidárias) no Havaí e na Samoa americana.

“O governo atual está ideologicamente comprometido com a Terra da Fantasia”, disse Gingrich durante a Cúpula de Energia Costeira em Biloxi, sul do Mississippi, onde dezenas de pessoas protestaram contra um projeto de perfuração petrolífera no Golfo do México, em frente à sua costa.

A retórica contra as políticas de proteção ambiental incluiu piadas irônicas sobre o desenvolvimento de carros elétricos, onde “não se pode colocar nem um porta armas”, como disse Gringrich antes de partir para outros eventos no estado vizinho do Alabama.

Continua após a publicidade

“Não perfurem, não matem o turismo”, “Os republicanos destroem a costa por causa do petróleo”, diziam os cartazes de alguns manifestantes.

O ultraconservador Rick Santorum também assistiu à conferência com líderes do setor energético e qualificou de “ambientalistas radicais” os que ocupam o governo de Barack Obama e prometeu anular todas as regulamentações ambientais adotadas no governo atual.

Romney, que completa nesta segunda-feira 65 anos, disse em um comício para mais de uma centena de pessoas em Mobile, sul do Alabama, que espera abrir seu presente na terça-feira, nas primárias.

“Preciso de ainda mais delegados. Portanto, se vocês forem capazes de fazer isto por mim, poderíamos chegar à meta em um ritmo muito rápido”, disse o multimilionário ex-governador de Massachussetts.

Continua após a publicidade

Segundo as últimas pesquisas de opinião, Gingrich lidera por uma margem muito estreita frente a Romney no Alabama (27%-26%), seguido de perto por Santorum. No Mississippi, a situação é similar, segundo demonstram números da Real Clear Politics, que faz uma média de todas as consultas.

Os três candidatos reforçaram suas campanhas no coração do sul dos Estados Unidos, após a “Super Terça” da semana passada, recorrendo às estratégias mais populistas, como fazer discursos em tons coloquiais, imitar o acento sulista, comer pratos regionais típicos e mostrar convicções religiosas em dois estados que se situam entre os mais pobres do país e onde o cirstianismo evangélico é muito arraigado na sociedade.

Publicidade