Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Estudo: Álcool foi responsável por 740 mil casos de câncer em 2020

Mais de 76% dos casos registrados ocorreu entre homens

Por Sabrina Brito 14 jul 2021, 11h30

Um novo estudo revelou que 4% dos novos casos de câncer registrados pelo mundo em 2020 estão relacionados ao consumo de álcool. A pesquisa foi publicada na última terça-feira no periódico científico The Lancet Oncology.

De acordo com os especialistas, há grandes indícios de que o álcool tenha causado mais de 740 mil incidências de câncer globalmente em 2020. Como forma de combater essa tendência, eles sugerem que rótulos de produtos alcoólicos incluam avisos sobre os perigos ligados ao câncer e que as propagandas desses produtos sejam reduzidas.

Ao longo do estudo, os cientistas consideraram um período de dez anos entre o consumo de álcool e o surgimento da doença. Alguns tipos de câncer investigados pelos autores da pesquisa e ligados a bebidas alcoólicas são o câncer de lábio, de laringe e de mama.

Entre os novos casos da doença, mais de 76% foi constatado entre homens, e apenas 24% entre mulheres. A maior parte dos cânceres foi encontrado no esôfago, no fígado e nas mamas.

Segundo os especialistas, ingerir de duas a seis doses de etanol por dia é considerado um hábito arriscado, representando quase 40% dos casos de câncer atribuídos ao álcool. Já o consumo moderado, de até duas doses diárias, representa 14% dos casos analisados.

O artigo indica ainda a importância de se conscientizar o público sobre a ligação entre o costume de ingerir bebidas alcoólicas e o desenvolvimento de câncer. Para tanto, é preciso que governantes e agências de saúde e de marketing ajam para proteger a sociedade.

Continua após a publicidade
Publicidade