Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Eclipse total nos EUA: 7 curiosidades respondidas pela Nasa

Nasa pediu que seis de seus pesquisadores respondessem às dúvidas do público sobre o eclipse total do Sol que acontecerá em 21 de agosto

Um eclipse total do Sol vai escurecer o céu dos Estados Unidos na próxima segunda-feira – aqui no Brasil, ele também poderá ser visto, mas será parcial e só alguns estados no Norte e Nordeste vão conseguir observar o fenômeno. Como em território americano o espetáculo vai ocorrer de costa a costa, com a Lua encobrindo total ou parcialmente o Sol em todos os estados, o público já está chamando a data de “maior eclipse da história”. A Nasa, que fará uma transmissão ao vivo do evento celeste, convidou seis de seus pesquisadores para tirar as dúvidas do público em um fórum na rede social Reddit, na última semana. Selecionamos sete das dúvidas mais criativas – e relevantes – respondidas pelos especialistas.

Realmente posso ficar cego se olhar diretamente para o eclipse?

“Sim, com certeza. Contate-me em braile depois que você terminar o experimento”, respondeu com bom humor o cientista atmosférico Jay Herman, que coordena dois projetos da agência espacial americana relacionados ao eclipse. “Sério, não tente fazer essa experiência. Você pode até olhar para ele durante os 1,5 minutos da totalidade [momento em que o Sol estará 100% encoberto], mas tenha cuidado na hora em que a luz ficar mais brilhante. Não estou brincando. Desvie o olhar imediatamente.” Para completar o comentário de seu colega, Bill Cooke, chefe do Meteoroid Environment Office da Nasa, compartilhou sua própria experiência. “Você pode danificar seus olhos sem sentir dor”, escreveu. “Eu sei porque tenho uma cicatriz na retina de não colocar de volta a proteção no final do eclipse total, em 1979. Por favor, não siga o meu exemplo!”

A recomendação dos astrônomos para observar qualquer eclipse de forma segura é usar um filtro astronômico (que não é vendido no Brasil, mas pode ser encontrado nos Estados Unidos) ou uma máscara de solda com vidro de tonalidade 14. Nunca se deve utilizar óculos escuros, óculos 3D e outros tipos de proteções inadequadas.

Animais sofrem dano ocular durante um eclipse total se olharem para o céu?

“Definitivamente não sou especialista em comportamento animal ou bióloga, mas eu assumiria que eles sabem que não podem olhar para o Sol diretamente, como eles parecem saber normalmente [todos os dias]”, respondeu Alexa Halford, que trabalha no laboratório Goddard Space Flight Center da Nasa. Apesar de ser possível que animais sofram danos na retina se tentarem olhar para o Sol, os especialistas consideram pouco provável que eles façam isso. “Tive a experiência de assistir a um eclipse total com cavalos!”, escreve Cooke. “Eles não conseguiam saber o que estava acontecendo e ficaram correndo ao redor da pastagem sem rumo, mas não sofreram ferimentos, então acho que você está a salvo de qualquer gasto veterinário relacionado ao eclipse.”

Até quando poderemos observar eclipses na Terra?

O primeiro fenômeno do tipo data mais de 3.300 anos antes de Cristo e acredita-se que, mesmo de a humanidade surgir, eclipses solares podiam ser vistos da Terra. Porém, os cientistas sabem que a Lua está lentamente se afastando do nosso planeta, uma reposta à aceleração gradual da sua velocidade de rotação, que à empurra para fora. Então, em algum momento, o satélite parecerá tão pequeno visto da Terra que não será possível que ele cubra completamente o Sol, tornando um eclipse total impossível. Sabendo disso, um usuário perguntou quanto tempo ainda temos para observar esses eventos celestes. E a resposta, dada por Mitzi Adams, cientista solar do Marshall Space Flight Center da Nasa, é que ainda vai demorar até não podermos mais admirar o fenômeno. “Cerca de 600 milhões de anos”, escreve.

Ver o Sol 100% encoberto é muito diferente de ver 95%? Vale a pena viajar para ver o eclipse total?

“A diferença entre um eclipse de 95% e um eclipse de 100% é literalmente a diferença entre o dia e a noite. Com qualquer eclipse parcial, você não experimenta a ‘grandeza’ da totalidade. É difícil colocar em palavras, mas uma vez que você experimenta um eclipse total, você entende a diferença. Com 95%, você quase não perceberá nada – apenas um pouco da diminuição na intensidade da luz do dia”, diz Cooke. “Vale a pena viajar. A totalidade é espetacular”, concorda Jay Herman.

E se o dia estiver nublado?

Assim como outros fenômenos celestes que podem ser observados da Terra, um céu limpo é sempre importante para uma boa visualização do espetáculo. Por isso, alguns usuários quiseram saber o que aconteceria se o clima não estivesse favorável no dia. “Vai ficar escuro se você estiver numa região de totalidade. Mas vai ser um tipo esquisito de escuro”, disse Cooke, fazendo referência à visualização da cena poder ser atrapalhada por causa das nuvens.

O eclipse pode ser visto de um avião?

“Se o avião estiver voando sobre uma região de totalidade, durante o fenômeno, será visível”, responde o geólogo Noah Petro, que, assim como Alexa, trabalha no laboratório Goddard da Nasa. “Outros aviões que voam no dia 21 terão a chance de ver um eclipse parcial.”

Posso usar o eclipse para convencer um amigo de que a Terra é redonda?

Um usuário perguntou se há “qualquer prova física durante o eclipse” que possa mudar a ideia de um colega que insiste em afirmar que a Terra é plana. Apesar de não responderem diretamente à pergunta em relação ao eclipse, os cientistas afirmam que o próprio fato do Sol nascer e se pôr é uma evidência do formato arredondado do nosso planeta. “É claro que a Terra é plana. Caso contrário, você iria cair”, brinca Herman, com ironia. “Só estamos trabalhando no problema de para onde o Sol vai todos os dias quando se põe. Até agora, não vimos nuvens de vapor saindo quando ele entra no oceano.” Cooke, por sua vez, diz que, mesmo se houvesse alguma prova relacionada ao eclipse, pouco adiantaria. “Se eles não aceitam nem visões do espaço, duvido que a observação de um eclipse faça eles mudarem de ideia”, escreve.