Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Descoberta de fóssil sugere onde homens e neandertais acasalaram

Segundo cientistas, as duas espécies podem ter cruzado na região da Galileia há 55.000 anos

Por Da Redação
Atualizado em 6 Maio 2016, 16h06 - Publicado em 29 jan 2015, 11h00

Parte de uma caveira recuperada numa caverna em Israel está lançando luz sobre um momento crucial do início da história humana: o período em que homens e seus parentes mais próximos, os neandertais, acasalaram.

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Levantine cranium from Manot Cave (Israel) foreshadows the first European moderns humans

Onde foi divulgada: periódico Nature

Quem fez: Israel Hershkovitz, Bruce Latimer, Ofer Marder, entre outros

Continua após a publicidade

Instituição: Universidade de Tel Aviv, em Israel, entre outros

Resultado: Crânio encontrado em uma caverna em Israel revela que homens e neandertais coexistiram há cerca de 55.000 anos e podem ter se acasalado ali.

Os europeus modernos herdaram cerca de 4% de seus genes dos neandertais, sugerindo que em algum momento o Homo Sapiens cruzou com essa espécie. Até hoje, no entanto, os cientistas não sabem onde e quando esse encontro aconteceu.

O fragmento de crânio foi desenterrado na caverna Manot, na Galileia. Suas características sugerem tratar-se de um Homo sapiens que viveu há cerca de 55.000 anos, período em que se acredita que os membros de nossa espécie estivessem saindo da África. Perto da caverna há outros dois lugares onde foram encontrados fósseis de neandertais da mesma época.

Continua após a publicidade

Leia também:

Neandertais coexistiram com os humanos na Europa por até 5,4 mil anos

Dentro de cada humano mora um neandertal

(Com Reuters)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.