Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

De álcool a banheiro: 4 astronautas que se envolveram em confusões

Tem até crime financeiro em estação espacial

– Invasão das galáxias
A astronauta americana Anne McClain (foto) foi acusada de cometer o primeiro crime espacial da história. A bordo da Estação Espacial Internacional (ISS), Anne acessou a conta bancária de sua ex-esposa, Summer Worden, e realizou movimentações financeiras sem a autorização dela. Segundo Anne, a conta era conjunta e o casal nunca havia discutido sobre como seria o controle após a separação.

– Guerra Fria no banheiro
Em 2009, o cosmonauta russo Gennady Padalka se queixou a um jornal de seu país por não poder usar mais os banheiros americanos da Estação Espacial Internacional (ISS), bem melhores que os russos. De acordo com Padalka, os colegas dos Estados Unidos fecharam o acesso em retaliação ao fato de Moscou começar a cobrar da Nasa os materiais russos utilizados pelos astronautas americanos na ISS.

– Cover de David Bowie
Em 2013, poucos dias antes de seu retorno à Terra, o astronauta Chris Hadfield divulgou no YouTube um vídeo em que fazia um cover de Space Oddity, de David Bowie. O cantor inglês adorou a iniciativa, mas a editora dona dos direitos da música exigiu a retirada do conteúdo do ar por um tempo, até que entrou em acordo com Hadfield.

– Contrabando de bebidas
Nos anos 80, os cosmonautas russos driblavam a proibição de consumir bebidas alcoólicas nas missões, conforme revelou o astronauta Igor Volk. Uma das técnicas de contrabando consistia em arrancar páginas de um livro grosso e esconder ali dentro uma garrafa. “Cabia até 1 litro e meio. O mais importante era que o líquido não vazasse”, contou Volk, que confessou já ter dado bons goles de conhaque no espaço.

Publicado em VEJA de 4 de setembro de 2019, edição nº 2650