Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Consumo de álcool pode acelerar perda de memória

Resultado foi encontrado em homens de meia-idade que ingeriam mais de duas doses diárias de bebidas alcoólicas

Por Da Redação Atualizado em 6 Maio 2016, 16h15 - Publicado em 16 jan 2014, 15h48

Os homens de meia-idade que consomem mais de duas doses de bebida alcoólica por dia podem acelerar a perda de memória em até seis anos, revela um estudo publicado no periódico Neurology.

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Alcohol consumption and cognitive decline in early old age

Onde foi divulgada: periódico Neurology

Quem fez: Séverine Sabia, Alexis Elbaz, Annie Britton, Steven Bell, Aline Dugravot, Martin Shipley, Mika Kivimaki e Archana Singh-Manoux

Continua após a publicidade

Instituição: University College London, na Inglaterra, e outras

Resultado: O consumo de mais de duas doses de bebida alcoólica por dia pode acelerar a perda de memória em homens de meia-idade

O estudo foi feito com base em dados coletados de mais de 5.000 homens de 44 a 69 anos. Eles responderam perguntas sobre seus hábitos de consumo alcoólico em três ocasiões, durante um intervalo de dez anos. Também foram submetidos a testes cognitivos e de memória, repetidos duas vezes nos dez anos seguintes.

“Nosso estudo sugere que beber em alta quantidade está associado a uma queda mais rápida de todas as áreas da função cognitiva nos homens”, afirma Severine Sabia, pesquisadora da University College London e uma das autoras do estudo.

Não houve diferenças em perda de memória entre os homens que não bebiam e os que tomavam menos de duas doses (cerca de 20 gramas de álcool) por dia. Acima dessa quantidade, as habilidades mentais dos participantes começaram a declinar de forma mais rápida. Os homens que bebiam 36 gramas de álcool ou mais diariamente – cerca de duas latas e meia de cerveja – tiveram quedas mais acentuadas em sua memória e nas funções cerebrais, podendo chegar a um prejuízo equivalente ao envelhecimento de seis anos.

(Com Agência France-Presse)

Continua após a publicidade

Publicidade