Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cientistas descrevem nova camada do núcleo da Terra

Pesquisa sugere que o núcleo sólido do planeta não é homogêneo: com tamanho parecido ao da Lua, ele possui duas regiões distintas

Uma pesquisa publicada nesta terça-feira na revista Nature, assinada por cientistas chineses e americanos, indica que o núcleo interno da Terra, uma região sólida, é na verdade composto por duas partes.

Tradicionalmente, considera-se que o planeta é dividido em: crosta, a camada mais externa do planeta; manto, a porção intermediária de magma; e núcleo, formado por uma parte externa de ferro e níquel líquidos e uma parte interna em estado sólido. O novo estudo sugere que este núcleo sólido não é homogêneo: com tamanho parecido ao da Lua, ele possui duas regiões distintas.

Leia também:

Pesquisa indica que Terra é 70 milhões de anos mais jovem

Temperatura no centro da Terra chega a 6.000 graus Celsius

Sismologia – Incapazes de perfurar o coração da Terra, os cientistas tentam desvendá-lo estudando vibrações emitidas por terremotos. Dados de ondas sísmicas revelaram que os cristais de ferro da parte mais interna do núcleo estão alinhados de leste a oeste. Já os que estão na parte externa se alinham na vertical, de norte a sul. Além disso, o tamanho dos cristais varia, indicando que se formaram sob condições distintas.

Xiaodong Song, professor da Universidade de Illinois que liderou o estudo, diz que a descoberta pode ser a chave para a compreensão da evolução da Terra. Os novos dados sugerem que o planeta sofreu mudanças dramáticas que levaram à diferenciação do planeta em diversas camadas.

(Com Agência EFE)