Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cientistas afirmam ter encontrado fragmentos de meteorito

Segundo especialistas, pedaços do corpo celeste estavam no lago Tchebarkoul, na Rússia, onde mergulhadores realizam buscas desde sábado

Cientistas russos informaram nesta segunda-feira que encontraram fragmentos do meteorito que caiu na região russa de Tcheliabinsk, nos Montes Urais (centro do país), e deixou mais de 1.000 pessoas feridas nesta sexta-feira. Segundo especialistas da Universidade dos Urais, na Rússia, foram identificados quase 50 fragmentos de meteorito próximo ao lago Tchebarkoul.

Saiba mais

QUAL A DIFERENÇA ENTRE ASTEROIDE, METEORITO E METEORO?

Asteroides são corpos celestes menores que planetas que vagam pelo Sistema Solar desde sua formação, há 4,6 bilhões de anos. Meteoritos são pedaços de asteroides que eventualmente atingem a superfície da Terra. Meteoros são os rastros luminosos produzidos por pedaços de asteroides em contato com a atmosfera da Terra, resultado do atrito com o ar, e são popularmente reconhecidos como estrelas cadentes.

De acordo com Viktor Grokhovsky, membro da Academia de Ciências e chefe da expedição, o meteorito pertence à categoria dos condritos, que são meteoritos rochosos, e os fragmentos encontrados contêm uma proporção de 10% de ferro. “Os membros da expedição deslocada para buscar o meteorito enviaram a Yekaterinburgo alguns fragmentos encontrados”, informou um comunicado oficial.

Um grupo de mergulhadores realizou neste sábado um trabalho de buscas nas águas do lago Tchebarkoul. Os especialistas acreditavam que um dos fragmentos do meteorito havia caído no lago, já que sua superfície congelada apresentava um buraco de seis metros de diâmetro. No entanto, o Ministério de Situações de Emergência anunciou neste domingo a suspensão das buscas pois o lago estava coberto por uma camada de sedimentos, o que impossibilitou que o procedimento continuasse.

Leia também:

Queda de meteorito provocou danos de US$ 30 milhões

Asteroide não foi detectado com antecedência porque estava contra a luz solar

Rússia: sobe a 950 total de feridos após queda de meteorito

A agência espacial americana, Nasa, informou em seu site que o corpo celeste mediria 17 metros e pesaria 10.000 toneladas. A Nasa ressaltou ainda que o meteorito que atingiu os Urais na sexta-feira é o maior desde o que caiu em Toungouska, na Sibéria, em 1908, derrubando e queimando árvores num raio de pelo menos 20 quilômetros, cujo impacto foi sentido a longas distâncias.

(Com agência France-Presse)