Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasileiros batizam aranha em homenagem a John Lennon

Caranguejeira se chamará 'Bumba lennoni' para celebrar também o Boi-bumbá

Pesquisadores brasileiros descobriram uma nova espécie de aranha caranguejeira da Amazônia e a batizaram em homenagem ao cantor britânico e ex-Beatle John Lennon (1940-1980), ídolo da equipe de cientistas. Os biólogos Alexandre Bragio Bonaldo e Laura Tavares Miglio, do Museu Paraense Emílio Goeldi, junto com Fernando Pérez-Miles, da Universidade da República, de Montevidéu, no Uruguai, deram o nome de Bumba lennoni ao animal, para celebrar também à tradição do Boi-bumbá, do folclore brasileiro.

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Bumba, a replacement name for Maraca Pérez-Miles, 2005 and Bumba lennoni, a new tarantula species from western Amazonia (Araneae, Theraphosidae, Theraphosinae)

Onde foi divulgada: periódico ZooKeys

Quem fez: Fernando Perez-Miles, Alexandre Bragio Bonaldo e Laura Miglio

Instituição: Museu Paraense Emílio Goeldi, Brasil e Universidade da República, em Montevidéu, Uruguai

Resultado: Nova espécie de caranguejeira, descoberta no Pará, recebeu o nome de Bumba lennoni, em referência a John Lennon e ao Boi-bumbá.

“O nome específico foi dado em homenagem a John Winston Lennon, o lendário criador dos Beatles, que contribuiu para fazer do mundo um lugar mais gentil”, escrevem os autores no estudo, publicado esta segunda-feira no periódico ZooKeys.

A nova espécie foi capturada em Caxiuaná, no Pará. Ela se diferencia das demais já descobertas por um conjunto de características específicas, como o formato dos palpos, estruturas utilizadas na reprodução. “Esses animais copulam com o palpo, localizado perto da boca, e têm estruturas específicas neles que se encaixam na genitália da fêmea. Cada espécie tem um tipo de modificação, por isso essa característica ajuda a determinar a espécie”, disse Alexandre Bonaldo ao site de VEJA.