Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil multa Chevron em US$ 28 milhões por vazamento de petróleo

O governo brasileiro multou nesta segunda-feira a companhia de petróleo americana Chevron em 50 milhões de reais (cerca de 28 milhões de dólares) pelo vazamento de petróleo na costa do Rio de Janeiro, informou Carlos Minc, secretário estadual de Meio Ambiente.

Minc indicou em uma entrevista coletiva à imprensa que a multa aplicada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) pode aumentar com a indenização que será exigida pelo estado do Rio.

“O volume (total da multa) pode chegar a 100 milhões” de reais (US$ 56 milhões de dólares), afirmou o secretário.

Mais cedo, Minc havia alertado que a Chevron poderia, inclusive, perder “o direito de participar de licitações de exploração durante cinco anos”.

“O Rio não será cenário de impunidade” para crimes ambientais, disse o secretário. “Subestimaram a pressão excessiva ao lado de uma fissura (…). Este acidente poderia ter sido evitado”, afirmou Minc, acrescentando que “outro erro é que não conseguiram evitar o vazamento”.

O vazamento foi anunciado em 9 de novembro em um poço de perfuração a 1.200 metros de profundidade, perto do Campo do Frade, 370 km a nordeste da costa do Rio de Janeiro.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), entre 5.000 e 8.000 barris de petróleo vazaram para o mar, embora a Chevron afirme que o vazamento seria de 2.400 barris.