Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Astronauta Scott Kelly quebra recorde e se torna o americano há mais tempo no espaço

A bordo da Estação Espacial Internacional (ISS), o astronauta alcançou a marca de 383 dias fora da Terra. O retorno de Kelly à superfície terrestre está marcado para 3 de março de 2016

O astronauta Scott Kelly é o americano que está há mais tempo no espaço. Na última sexta-feira (16), Kelly alcançou a marca de 383 dias fora da Terra, em quatro missões diferentes – superando Mike Fincke, o americano que havia passado 382 dias no espaço. Segundo a Nasa, o registro é muito importante, pois ajuda a compreender melhor como a longa permanência em voos espaciais afeta os corpos e as mentes dos astronautas das missões.

Na próxima quarta-feira (28), Kelly vai completar 216 dias consecutivos no espaço e quebrará outro recorde americano: vai se tornar o comandante de voo espacial mais longo. Atualmente, a marca pertence ao astronauta Michael Lopez-Alegria, que passou 215 dias no espaço como comandante da tripulação da Expedição 14, em 2006.

Leia também:

Vídeo: veja o que acontece com a mistura de água, antiácido e corante no espaço

Nasa revela detalhes da colonização de Marte

Missão – Kelly ainda tem uma longa trajetória fora da Terra. O retorno do astronauta para o planeta está marcado para 3 de março de 2016, quando vai chegar a 522 dias vividos no espaço. Apesar da longa permanência, Kelly não será o detentor do recorde mundial que, atualmente, pertence ao astronauta russo Sergei Krikalev por seus 803 vividos ao longo de seis missões.

A bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) desde 27 de março, Kelly participa de uma missão que inclui, na Terra, o irmão gêmeo dele, o astronauta aposentado Mark. Como eles possuem o mesmo matéria genético, a Nasa poderá comparar os dados psicológicos e moleculares de Scott com os de Mark. As diferenças podem ajudar a como a longa permanência em voos espaciais afeta os corpos e as mentes dos astronautas das missões.

(Da redação)