Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Arqueólogos encontram tumba de princesa egípcia no Cairo

Sepultura pertence a membro da quinta dinastia, que reinou há 4.500 anos

A tumba de uma princesa da quinta dinastia do Antigo Egito, que reinou há 4.500 anos, foi descoberta na região de Abu Sir, no sul do Cairo, anunciou nesta sexta-feira o ministro das Antiguidades egípcio, Mohamed Ibrahim.

Leia também:

Arqueólogos descobrem cidade mais antiga da Europa

Encontrada barca funerária da primeira dinastia do Egito

“Descobrimos a antecâmara da tumba da princesa faraônica Shert Nebti”, anunciou Ibrahim. O ministro acrescentou que quatro colunas de calcário encontradas no centro da câmara apresentam hieroglifos com o nome e os títulos da princesa. “A descoberta da tumba marca o começo de uma nova era na história das sepulturas de Abu Sir”, comemorou ele.

Liderada pelo Instituto Tcheco de Egiptologia, a equipe de escavação também encontrou um corredor no lado sudeste de antecâmara, que leva a outras quatro tumbas. Duas delas, datadas do reinado do faraó Dyedkera Isesi – também da quinta dinastia -, pertencem a funcionários de alto escalão. As outras duas ainda estão sendo estudadas, afirmou o chefe da missão tcheca, Miroslav Barta.

(Com agência France-Presse)