Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

AlphaGo está a um passo de fazer história

O programa de inteligência artificial do Google venceu mais uma partida de Go contra Lee Sedol. Agora, o software deve ganhar mais uma fase para vencer o torneio e marcar um dos momentos mais importantes na história da inteligência artificial

O programa de inteligência artificial do Google, AlphaGo, venceu a segunda partida do jogo de estratégia Go contra o sul-coreano Lee Sedol, o número um do mundo nos últimos dez anos da modalidade. Agora, o software, criado pela companhia de inteligência artificial DeepMind, adquirida pelo Google, precisa ganhar mais uma fase contra seu oponente humano para vencer o campeonato e marcar um dos momentos mais importantes na história da inteligência artificial. O milenar jogo oriental de tabuleiro sempre foi considerado um dos maiores desafios para os computadores por seu amplo espectro de movimentos das peças – muito superior ao do xadrez, por exemplo.

Ao final do torneio, que contará com cinco jogos, o ganhador receberá 1 milhão de dólares. Para arrematar a quantia são necessárias três vitórias. Na última quarta-feira, AlphaGo realizou 186 movimentos até que Lee admitisse que o software tinha uma vantagem insuperável. Os próximos desafios entre os dois estão agendados para 12, 13 e 15 de março.

Leia também:

Pela 1ª vez, computador vence profissional no jogo Go

Stephen Hawking: avanços científicos e tecnológicos são ameaça à humanidade

Algoritmos – O AlphaGo, destacaram os criadores, pode permitir importantes avanços em setores que antes pareciam inacessíveis. De acordo com os especialistas da DeepMind, o software utiliza “redes de valor” para avaliar posições no tabuleiro e “redes de tática” para escolher os movimentos das peças. Além disso, os algoritmos do programa aprenderam a jogar interpretando os padrões do jogo e também assimilando as informações das próprias jogadas e dos movimentos dos oponentes. Por isso, a técnica do AlphaGo poderá ser utilizada em diversas áreas da inteligência artificial que usem o reconhecimento de padrões complexos, planejamento de longo prazo e tomada de decisão. Os exemplos vão desde equipamentos médicos de diagnósticos por imagem até modelos de previsão meteorológica.

Regras – O Go é disputado sobre um tabuleiro feito com 19×19 linhas. Os oponentes devem colocar de forma alternada peças brancas e negras nas interseções livres. O objetivo é dominar a maior parte da superfície do tabuleiro. Os jogadores devem escolher entre colocar as peças juntas, protegê-las para evitar que sejam capturadas ou separá-las de modo que possam ocupar maior espaço.

(Da redação)